Alunos dançam e cantam funk com teor sexual em escola pública Fato aconteceu na unidade Professor Munir José da Fundação Instituto de Educação de Barueri ~ Esperança News

ANUNCIE EM NOSSO SITE

ANUNCIE EM NOSSO SITE AQUI

Alunos dançam e cantam funk com teor sexual em escola pública Fato aconteceu na unidade Professor Munir José da Fundação Instituto de Educação de Barueri

 

Momento em que alunos dançaram e cantaram funk Foto: Reprodução/Print de Vídeo das Redes Sociais

Um fato ocorrido em uma escola pública de Barueri, em São Paulo, na última quinta-feira (4), tem causado polêmica e repercutido até nas redes sociais nos últimos dias. A controvérsia reside em torno de um evento no qual alunos dançaram e cantaram durante o intervalo escolar ao som de um funk cuja letra tem teor sexual.

– Hoje eu vou parar na gaiola, ficar de marola. Senta pro chefinho do jeitinho que ele gosta – diz a letra da música que toca nos vídeos que circulam pela web.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por RENNAN GONÇALVES (@rennan_goncalvess)

Em contato com o Pleno.News, alunos da unidade Professor Munir José da Fundação Instituto de Educação de Barueri (FIEB) relataram que a administração da escola convocou um DJ para tocar músicas durante o intervalo da escola, o que teria resultado até mesmo no término antecipado da terceira aula e na interrupção parcial da quarta aula, prejudicando, segundo os estudantes, o “direito à educação dos alunos”.

Os denunciantes relataram ainda que alguns pais contribuem financeiramente com a Associação de Pais e Mestres (APM) para auxiliar nos custos da escola e que a festa desta quinta daria a impressão de “que tais recursos estão sendo utilizados de maneira inadequada pela instituição, o que merece uma investigação minuciosa”.

O representante do grupo de alunos que entrou em contato com o Pleno.News relatou que já apresentou denúncia ao Ministério Público e à Comissão de Educação sobre o assunto com o objetivo de “preservar a integridade e o propósito educacional da FIEB”.

O Pleno.News entrou em contato com o Ministério Público e com a FIEB para obter algum posicionamento sobre o ocorrido. O espaço está aberto para posteriores declarações.

FONTE:PLENO NEWS

Share:

Nenhum comentário:

Postagem em Destaque

Batimentos de jovem em UTI iam a 190 quando pai a tocava Homem foi preso no mês passado e vai responder pelo crime de estupro

  Homem foi preso sob suspeita de ter abusado da filha  Foto: Reprodução/TV Globo A frequência cardíaca da jovem que teria sido abusada pelo...

Comente deixe sua opinião

Aplicativo da webradioesperanca

Blog Archive

SIGA-ME

SIGA-ME
SEJA UM SEGUIDOR

TWITTER

whatsapp

Postagens mais visitadas

Globo de visitas