Esperança News: Mundo Cristão

ANUNCIE EM NOSSO SITE

ANUNCIE EM NOSSO SITE AQUI
Mostrando postagens com marcador Mundo Cristão. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Mundo Cristão. Mostrar todas as postagens

Associação de Malafaia leva ao RS centenas de toneladas de doações "O que o amor ao próximo faz", celebrou o pastor

Avec atuando em prol do RS Fotos: Reprodução / Print de vídeo / Instagram

Fundada pelo pastor Silas Malafaia, a instituição social Associação Vitória em Cristo (Avec) mobilizou uma grande onda de solidariedade e arrecadou 150 toneladas de alimentos para o povo gaúcho, além de 250 mil litros de água e outros donativos. Em imagens comoventes compartilhadas pelo líder cristão, há registro de voluntários trabalhando na causa.

De acordo com os dados, são mais de 600 pessoas envolvidas, mais de 10 mil peças de roupas doadas, 20 toneladas de ração, 2 mil caixas de transporte de pets e 60 toneladas de itens de higiene.

 – Sensacional! O que o amor ao próximo faz – comemorou Malafaia.

As arrecadações também incluem 5 mil pacotes de fraldas descartáveis e 40 toneladas de produtos de limpeza.

A grande quantidade de donativos será transportada ao Rio Grande do Sul por meio de 20 caminhões e 35 carretas. O estado sofre com a maior calamidade climática de sua história, provocada por fortes enchentes que afetaram quase todo o seu território.

Na próxima segunda-feira (13), a Associação – criada pelo pastor em 1982 – apresentará ainda o relatório financeiro das contribuições ao RS, em um ato de transparêcia. Assista ao vídeo da mobilização abaixo:

AJUDE O RIO GRANDE DO SUL
Com 85% de seus municípios afetados pela calamidade climática, o estado sulista sofre com severos estragos, e sua ajuda é fundamental para que as vítimas possam recomeçar suas vidas. Uma das formas de fazer doações é o financiamento coletivo criado pelo influenciador Badin, o Colono. Você pode ajudar via Pix usando a chave enchentes@vakinha.com.br.

FONTE:PLENO NEWS

Share:

Voluntário acha Bíblia nas ruínas do RS e vê mensagem de Deus Homem diz que livro estava aberto em capítulo da história de Jó

 

Bíblia achada em escombros Foto: Reprodução / Print de vídeo / X

Um voluntário do Corpo de Bombeiros relatou ter encontrado uma Bíblia em meio às ruínas causadas pela chuva na cidade de Três Coroas, no Rio Grande do Sul. Ele afirma que o livro estava aberto e que, por meio da página em questão, Deus enviou uma mensagem ao povo gaúcho.

– Olha aqui: “Deus educa através do sofrimento”. É ou não é de se arrepiar, gente? – apontou ele para o trecho, registrado no livro de Jó, capítulo 32.

No espaço para comentários, internautas se dividiram ao dar suas opiniões:

– É Deus falando com o povo, mas ninguém dá ouvidos – escreveu um deles.

– Deus permite passarmos por situações difíceis, com o sofrimento ficamos mais sensíveis e dependente Dele. Se nós buscarmos a Ele no sofrimento, vamos conhecer mais a Deus. Esta é a intenção de Deus – disse outro usuário do Instagram.

– Coisa ridícula. Fazer promoção na tragédia. Que coisa absurda – criticou outro.

– Ela continua intacta sem molhar e limpinha – observou mais um.

Confira no vídeo:

FONTE:PLENO NEWS 


Share:

Cantor que já chamou Jesus de travesti pode ficar sem honraria Douglas Gomes apontou que aprovação de homenagem descumpriu regimento da Câmara de Niterói

 

Johnny Hooker Foto: Andy Santana/AgNews

O vereador Douglas Gomes (PL-RJ), da Câmara Municipal de Niterói (RJ), apresentou um pedido para derrubar uma homenagem aprovada pela Casa no último dia 16 de abril em favor do cantor Johnny Hooker, conhecido por ter dito que “Jesus é travesti e bicha”. Ao solicitar a revogação, o parlamentar disse que o trâmite da homenagem não seguiu as regras do regimento da Câmara.

A honraria aprovada em favor de Hooker foi o Título de Cidadão Niteroiense, que é entregue a pessoas naturais de outras cidades, estados ou países, que “tenham reconhecidamente prestado serviços ao município, ao estado, à União, à democracia ou à causa da humanidade”. A homenagem foi apresentada pela vereadora Benny Briolly (PSOL).

Ao ser deliberado na Câmara de Niterói em sessão realizada no último dia 16 de abril, o projeto de decreto legislativo sobre a concessão da honraria para o cantor foi considerado aprovado após receber sete votos favoráveis e seis votos contrários.

O vereador Douglas Gomes, porém, questionou a aprovação e lembrou que o regimento da Câmara estabelece que, para aprovação de títulos honoríficos, são necessários os votos de dois terços dos membros da Casa, ou seja, 14 vereadores, já que a Câmara de Niterói é composta por 21 parlamentares. Por essa razão, Gomes já apresentou um pedido de revogação da homenagem.

– A PGR está analisando e dará o resultado na próxima terça com parecer favorável a rejeição do título – disse o vereador ao Pleno.News.

Na justificativa do pedido de revogação da homenagem, o vereador conservador lembrou também que o projeto foi aprovado sem passar por discussão dos membros do Parlamento niteroiense.

– O PDL [Projeto de Decreto Legislativo] foi apresentado extrapauta, sem conhecimento da maioria dos vereadores e sem ter sido discutido no Colégio de Líderes. E mais, por se tratar de uma matéria polêmica, que atinge a religiosidade, todos os vereadores da Casa deveriam estar cientes de que o PDL estaria na pauta do dia para terem a oportunidade de discutir a matéria – apontou.

FRENTE EVANGÉLICA PROTESTA CONTRA HOMENAGEM
Ao repercutir o caso, a Frente Parlamentar Evangélica (FPE) do Congresso Nacional emitiu uma nota de repúdio contra a homenagem aprovada pela Câmara Municipal de Niterói, no Rio de Janeiro. Os deputados federais e senadores disseram que respeitam a decisão da Câmara de autorizar o pedido, mas apresentaram a moção de veemente repúdio à concessão do título.

Em nota, as Bancadas Evangélicas da Câmara e do Senado entendem que a fala do artista, dada em 2018, que chamou Jesus de “travesti e bicha” foram “desrespeitosas e ofensivas” para a comunidade cristã, “causando grande consternação e repúdio”.

– Entendemos e valorizamos a liberdade de expressão como pilar da nossa democracia; no entanto, para a convivência harmoniosa e construtiva, não podemos aceitar falta de respeito uns aos outros. As declarações do sr. Hooker, ao distorcerem a figura central de nossa fé de maneira pejorativa, ultrapassam os limites do respeito e da decência, atingindo negativamente a comunidade cristã e desrespeitando nossas crenças fundamentais – diz o documento.

FONTE:PLENO NEWS

Share:

Após 20 dias preso, pastor Davi Passamani é solto pela Justiça Judiciário entendeu que não havia motivos legais para a manter a prisão preventiva

 

Pr. Davi Passamani Foto: Reprodução / YouTube / Casa Worship

A Justiça de Goiás concedeu nesta terça-feira (23) um habeas corpus que tinha sido solicitado pela defesa do pastor Davi Passamani, suspeito de cometer crimes sexuais contra fiéis da igreja que comandava em Goiânia (GO). Com a decisão, o líder religioso foi solto após ficar 20 dias preso, mas terá que usar tornozeleira eletrônica, que ele já colocou.

A defesa do pastor informou que o Tribunal entendeu que não havia motivos legais para a manter a prisão preventiva e, por isso, ela foi revogada. O advogado de Passamani, Luiz Inácio Medeiros Barbosa, disse também que foram estabelecidas outras medidas cautelares ao líder religioso, mas não há informações detalhadas sobre quais são elas.

OBRE O CASO
A prisão do pastor ocorreu no âmbito de um inquérito policial aberto em dezembro de 2023, após uma mulher contar ter recebido mensagens de teor sexual envolvendo fantasias eróticas, que teriam sido enviadas pelo pastor. Em março deste ano, a vítima conseguiu na Justiça que Passamani fosse condenado a lhe pagar uma indenização por danos morais de R$ 50 mil.

A defesa dele, por sua vez, afirmou que as informações presentes nesse inquérito eram “vazias, lacunosas e genéricas”. O pastor foi preso no dia 4 de abril momento em que chegava para participar de um louvor no bairro de Jardim Goiás, em Goiânia (GO).

Além do inquérito em questão, Passamani foi alvo de outra denúncia por importunação sexual, em março de 2020. Na ocasião, uma jovem relatou à Delegacia Especial de Atendimento à Mulher de Goiânia que recebeu mensagens, áudio e até mesmo videochamada com teor sexual por parte do líder religioso. No mês seguinte, o processo acabou arquivado por “ausência de justa causa”.

FONTE:PLENO NEWS

Share:

Malafaia diz que vai “botar para quebrar” em ato no Rio de Janeiro Manifestação em defesa da democracia e da liberdade acontecerá em Copacabana, na Zona Sul da capital fluminense

 

Pastor Silas Malafaia Foto: Andre Ribeiro/Thenews2/Agência O Globo

O pastor Silas Malafaia, líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (Advec), disse que vai “botar para quebrar” no ato que será realizado no próximo domingo (21), em Copacabana, na Zona Sul do Rio de Janeiro, em defesa da democracia e da liberdade. A manifestação foi convocada pelo ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) e tem Malafaia como um dos organizadores.

– O que eu vou falar nesse dia 21 de abril não vai ser brinquedo, não. Eu vou botar para quebrar. E não vou cometer calúnia, nem difamação, nem injúria, mas vou ser duríssimo com o que está acontecendo. Vou desnudar essa farsa, essa safadeza que está acontecendo no nosso país – afirmou o pastor em entrevista à Rádio Auri Verde Brasil.

O líder religioso também disse que o discurso que proferirá no próximo domingo será mais forte do que aquele que fez no último dia 25 de março, no ato realizado na Avenida Paulista, em São Paulo, quando Malafaia fez diversas críticas ao ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

– Se o pessoal acha que eu fui veemente na minha fala no dia 25 de março, na Paulista, eu vou fazer uma comparação. A minha fala no dia 25 de março foi água com açúcar em relação ao que eu vou falar no dia 21 de abril – declarou.

FONTE:PLENO NEWS

Share:

Malafaia cita razões para tomar as ruas de Copacabana, no Rio Líder religioso falou sobre o delicado momento e convocou a todos que são a favor da liberdade de expressão para a manifestação no domingo

 

Silas Malafaia Foto: Reprodução/YouTube Silas Malafaia Oficial

O pastor Silas Malafaia usou suas redes sociais, nesta quarta-feira (17), para conscientizar os cidadãos brasileiros, principalmente os cristãos, sobre a realidade desenhada à nossa frente no tocante aos cerceamentos das liberdades e das afrontas ao Estado Democrático de Direito. Em vídeo, o líder religioso deu bons motivos para que as pessoas compareçam à manifestação marcada para o próximo domingo (21), na Praia de Copacabana, Zona Sul do Rio de Janeiro.

– Esse jogo de querer controlar redes sociais é um jogo político ideológico que atende a interesses escusos. (…) Quando se controla a liberdade de expressão, o passo seguinte é controlar a liberdade religiosa. Isso é histórico. É só ver China, Cuba, Coreia e outras nações do mundo – disse Malafaia.

O presidente da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (Advec) destacou que “a Bíblia não elimina a nossa cidadania”; portanto, “precisamos exercer a nossa cidadania, nós não somos seres exclusivamente espirituais”.

– Então eu quero convocar, não só evangélicos, você de qualquer religião que é a favor da liberdade de expressão, da liberdade religiosa, do Estado Democrático e Direito, neste domingo, 10 horas da manhã, na praia de Copacabana, se você pode, faça um esforço, esteja lá!

Na conclusão, Malafaia advertiu que “o povo é o supremo poder e não podemos aceitar nenhum tipo, nenhum jogo, nada que venha a cercear a nossa liberdade de expressão garantida na Constituição Federal”.

Assista:

Share:

Mulher que morreu após ser incendiada foi batizada dias antes Michele Pinto da Silva tinha 39 anos

 

Mulher que morreu após ser incendiada foi batizada dias antes

Michele Pinto da Silva, que morreu após ter tido o corpo incendiado em uma estação de trem no Rio de Janeiro, havia sido batizada dois dias antes do ataque que sofreu do ex-marido. Ela frequentava a Igreja Fé para Todos, em Del Castilho, na Zona Norte da cidade. As informações são do jornal Extra.

Além de ter sido batizada, Michele participou de sua primeira ceia. Na última segunda-feira (8), ela foi incendiada na estação de trem Augusto Vasconcelos, em Campo Grande, na Zona Oeste do Rio.

Parentes da vítima disseram que o ex-marido dela, Edmilson Félix, de 44 anos, não aceitava o fim do relacionamento. Ele é apontado como principal suspeito do crime.

A mulher chegou a passar dois dias internada no Hospital Municipal Pedro II, mas morreu na noite de quarta-feira (11).

A igreja da qual Michele fazia parte chegou a fazer uma campanha de oração. Um vídeo, que mostra o batismo, chegou a ser divulgado. Por fim, nesta quinta-feira (11), a igreja publicou uma nota de pesar.

– “Preciosa é aos olhos do Senhor a morte dos seus santos” (Salmos 116:15). Como alguns sabem, ontem, 10/04, nossa amada Michele faleceu. Temos a certeza de que ela está com o Senhor e de que foi recebida no céu por Aquele que a criou, salvou e chamou para habitar eternamente com Ele. Como igreja, intercedemos INCANSAVELMENTE nos últimos dias, mas aprouve ao Senhor chamar Michele para junto dEle. A Ele pertence a vida e Ele tem contados todos os nossos dias. Pedimos a todos que orem pelos familiares, para que Deus lhes dê o conforto que só encontramos no Senhor – diz o texto.

 

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Fé Para Todos – Del Castilho (@feparatodos)

FONTE:PLRNO NEWS 

Share:

Jornalista da GloboNews abre fogo contra evangélicos e Malafaia reage: ‘Tese imbecil’ Eliane Cantanhêde fez comentários preconceituosos sobre a fé evangélica

 

Silas Malafaia Foto: Reprodução/YouTube Silas Malafaia Oficial

O pastor Silas Malafaia usou suas redes sociais nesta sexta-feira (5) para se manifestar sobre comentários recentes da jornalista e comentarista de política na GloboNews, Eliane Cantanhêde, que atacou pobres, pastores e a fé evangélica. Em vídeo publicado, o líder religioso classificou o explicação como “argumento bandido”.

Com evidente simpatia pelo presidente Lula e suas pautas, a veterana disse que o petista dispõe de diferentes estratégias retóricas para alcançar o eleitorado “mais escolarizado, e de maior renda”. Em seguida, se referiu ao eleitorado que possui “crenças” e “dogmas”, como “eleitorado menos escolarizado”, que tem “menos renda” e que não concebe explicações pela via racional, mas por “imaginário popular”.

– O que o Lula está fazendo? Quando você fala com o eleitorado mais escolarizado e de maior renda, você fala racionalmente. Quando você fala com o eleitorado menos escolarizado e menos renda, você fala no imaginário popular, não é? Fala em dogmas, fala em crenças – disse Cantanhêde.

– Que preconceito desgraçado dessa jornalista. Quer dizer então que a pessoa que tem menos escolaridade e menor renda vive no mundo de Alice, no mundo do imaginário? A pessoa com mais escolaridade e maior renda, vive no mundo racional. Que preconceito desgraçado contra as pessoas mais pobres e de menos escolaridade, como se fosse um bando de imbecis e alienados – disse Malafaia.

O presidente da Assembleia de Deus Vitória em Cristo subiu o tom contra a jornalista e disparou:

– Você fica com a bunda sentada em cadeira atrás de estúdio e não conhece a realidade.

O pastor exibiu outro comentário de Cantanhêde, onde ela confessa sua visão deturpada da fé evangélica.

– (…) Na alma de pessoas que acreditam nos pastores, que acreditam. Tem gente, inclusive, né, que dá dinheiro para os pastores para ganhar o Reino de Deus. Imagina você comprar o Reino de Deus. Para nós, né, é uma coisa assim meio absurda, né. É mais do que abstrato, é absurdo – declarou a comentarista da GloboNews.

Malafaia não mediu palavras.

– Jornalismo canalha, inescrupuloso e mentiroso. (…) Isso é um deboche à fé de mais de 60 milhões de pessoas. (…) Se tem algum pastor ladrão, bandido, canalha, é exceção, não a regra. Inescrupuloso, cretino, tem em tudo que é lugar, inclusive no jornalismo, como você – disse Silas.

Malafaia também adjetivou o trabalho de Cantanhêde como “jornalismo cretino e imbecil, que não tem fundamento de verdade”.

– Jornalismo da Globo parcial, cretino, bandido, canalha, chapa branca para fazer defesa de Lula.

Assista:

Share:

Malafaia sobe o tom contra Lauro Jardim e O Globo: “Bandidos” Colunista do jornal carioca envolveu a igreja presidida por Malafaia em ato criminoso

 

Silas Malafaia Foto: Reprodução/YouTube Silas Malafaia Oficial

O colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, publicou uma notícia grave, neste domingo (24), envolvendo não apenas o pastor Silas Malafaia, mas a igreja na qual é o presidente, a Assembleia de Deus Vitória em Cristo (Advec). De acordo com o jornalista, há registro no disque denúncia do Rio de Janeiro de que o segurança de Domingos Brazão – acusado de ser um dos mandantes da morte de Marielle Franco – “recebia pagamentos da milícia em igreja de Malafaia”.

Em seguida, o líder religioso usou suas redes sociais para rebater a acusação feita por Lauro Jardim, onde se referiu ao “jornalismo canalha de Lauro Jardim de O Globo”.

– Como é feito o jornalismo bandido para incriminar e denegrir pessoas. Segundo o disque denúncia, Brazão recebia dinheiro de milícia em igreja de Malafaia. Só pode ser piada! Qualquer um pode falar o que bem entende no disque denúncia. Prove! Sou odiado por muitos devidos minhas posições contra essa cambada da esquerda. Sou pastor de mais de 60 igrejas na cidade do Rio de Janeiro, nunca soube que Brazão visitou qualquer uma delas – declarou Malafaia em seu perfil na rede social X.

No mesmo post, o pastor não mediu palavras e subiu o tom contra o colunista e o jornal.

– Jornalismo cretino de O Globo. Bandidos!

Em seguida, Malafaia publicou outro post na mesma rede social, onde complementou o que havia dito na publicação anterior.

– (…) Cada igreja paga segurança própria de policiais em culto. Dizer que segurança de Brazão recebia dinheiro de milícia em um dos templos de nossas igrejas é o absurdo dos absurdos! Se algum policial que presta serviço de segurança em nossas igrejas está envolvido com milícia, é problema dele! Só na igreja sede eu tenho mais de oito policiais que prestam serviço de segurança – explicou.

Dezenove minutos depois, em uma terceira postagem sobre o assunto, Malafaia observou que Lauro Jardim tem o número de seu telefone particular, mas não o ligou porque o intuito seria manchar a imagem dele e de sua igreja.

– É assim que é feito o jornalismo bandido. Lauro Jardim tem meu telefone, como vários jornalistas de O Globo possuem. Por que não me perguntou nada sobre o assunto? O interesse é denegrir e ter vizualizações porque estou em evidência. Mais uma vez fica provado o jornalismo parcial de O Globo. Cambada de canalhas! O que tenho eu e as igrejas que possuímos com milícia? Absolutamente nada! – concluiu.

FONTE:PLENO NEWS

Share:

“Momento gravíssimo”: Silas Malafaia comenta caso Mauro Cid Líder religioso voltou a criticar Alexandre de Moraes, o chamando de "ditador"

 

Silas Malafaia Foto: Reprodução/YouTube Silas Malafaia Oficial

O pastor Silas Malafaia usou suas redes sociais, nesta sexta-feira (22), para manifestar sua indignação sobre o episódio envolvendo o vazamento dos áudios do tenente-coronel Mauro Cid, expondo práticas ilegais da Polícia Federal e do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes.

No início da gravação, Malafaia fala em “momento gravíssimo na nossa Nação” e volta a criticar arbitrariedades por parte de Moraes.

– Alexandre de Moraes é um ditador da toga. Ele prende e solta quem ele quer, na hora que ele quer. Esteja envolvido, não esteja envolvido. Com Ministério Público, sem Ministério Público. Ele não está nem aí, ele é ditador – diz Malafaia.

O líder religioso adverte que “esse cara [Alexandre de Moraes], não é o Judiciário, está sendo um ditador, jogando o Estado Democrático de Direito na lata do lixo com a conivência dos outros dez ministros do STF”.

Malafaia também condena o que chamou de “apoio de grande parte da imprensa” aos abusos cometidos pelo magistrado e observa a omissão do Senado, que é a Casa Legislativa que poderia punir transgressões praticadas por ministros da Suprema Corte, mas que permanece estático.

– Cadê a imprensa para pressionar? E outra: e o Senado? Com exceções, cambada de frouxos, covardes, omissos, comprados com cargos públicos. Era para abrir uma CPI, convocar coronel, delegado, Alexandre de Moraes, parar com esse inquérito vergonhoso. Vergonhoso!

Malafaia sugere que estamos vivendo uma iminente ditadura no Brasil.

– Este país está arrumando para quê? Para uma ditadura? E ditadura de um homem, Alexandre de Moraes. Quem vai parar esse cara? Aonde nós vamos chegar? – questiona.

Assista:

Share:

Gilmar Mendes diz haver no Rio uma “narcomilícia evangélica” Ministro expôs a religião de milhões de brasileiros sem apresentar qualquer prova

 

Ministro Gilmar Mendes, decano da Corte Foto: Carlos Moura/SCO/STF.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, concedeu entrevista à GloboNews nesta segunda-feira (11) e disse que durante uma reunião na Suprema Corte, presidida pelo ministro Luís Roberto Barroso, falou-se sobre a existência de uma “narcomilícia evangélica” que atua no Rio de Janeiro.

– Recentemente, o ministro Luís Roberto Barroso presidiu uma reunião extremamente técnica sobre essa questão, e um dos oradores falou de algo que é raro de se ouvir: uma narcomilícia evangélica, que aparentemente se dá no Rio de Janeiro, onde, portanto, haveria hoje já um acordo entre narcotraficantes, milicianos e pertencentes ou integrados a uma rede evangélica. É algo muito sofisticado – disse Gilmar.

Em seu comentário, o ministro expõe a fé de milhões de brasileiros sem apresentar qualquer comprovação das acusações levantadas.

Nesta última sexta-feira (8), outro ministro do STF mirou contra os cristãos no que parece uma ação coordenada para macular e enfraquecer e religião evangélica – que tanto cresce no Brasil e traz consigo a predominância conservadora, de direita.

Luís Roberto Barroso, presidente da Suprema Corte, teve a ousadia de propor o combate ao que chamou de “uso abusivo” da religião na política, durante palestra na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio).

De acordo com Barroso, a fé deve ficar restrita à vida privada das pessoas em vez de se estender para um “uso abusivo” por parte de líderes políticos.

– Precisamos combater a captura da religião para servir a causas políticas temporais e não espirituais, a instrumentalização de líderes religiosos para captar votos e dizer “o meu adversário é o demônio, quem votar nele
não vai para o céu”. É uma forma bárbara, anticristã, de lidar com a religião – disse o ministro durante aula magna na PUC-Rio.

Em sua fala, o ministro citou a religião amplamente, mas em seguida fez referência apenas à fé cristã, revelando o alvo de seu objetivo retórico.

FONTE:PLENO NEWS

Share:

“Uma linda festa da democracia”, diz Malafaia sobre ato em SP Pastor gravou vídeo convocando para a manifestação deste domingo na Avenida Paulista

 

Silas Malafaia gravou vídeo convocando para manifestação deste domingo Foto: Reprodução/Youtube Silas Malafaia

O pastor Silas Malafaia, líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (Advec), fez um novo convite em suas redes sociais, neste sábado (24), para o ato que ocorre neste domingo (25), na Avenida Paulista, em defesa do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) e do Estado Democrático de Direito. Ao falar sobre o evento, Malafaia disse que a manifestação será “uma linda festa da democracia”.

– Vai ser uma festa linda da democracia. Nós vamos levantar um grande clamor em favor do Brasil. Chegou a hora da manifestação do supremo poder de uma nação, que é o povo – disse.

Malafaia fez questão de ressaltar também que o ato deste domingo em São Paulo é “uma manifestação pacífica em favor do Estado Democrático de Direito e uma defesa sobre essa perseguição implacável e injusta a Bolsonaro”. O pastor ainda destacou que o evento contará com um forte aparato de segurança.

– Quero dizer que vamos ter um grande aparato policial, tanto policiais fardados como à paisana. Tanto na Avenida Paulista como nas áreas adjacentes – completou.

ENTREVISTA AO PLENO.NEWS
O pastor Silas Malafaia é o organizador e financiador da manifestação que acontecerá na capital paulista. Em uma entrevista exclusiva ao Pleno.News, publicada na última terça-feira (20), o líder religioso falou sobre o ato deste domingo e também discorreu sobre diversas questões atuais da política brasileira. Assista no player abaixo:

FONTE:PLENO NEWS

Share:

Malafaia reage a notícia sobre STF e ato de Bolsonaro: Nada vai nos intimidar Pastor se manifestou após texto do colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo

 

Pastor Silas Malafaia Foto: PR/Alan Santos

Nesta sexta-feira (23), o pastor Silas Malafaia usou as redes sociais para reagir a uma notícia do jornalista Lauro Jardim, do jornal O Globo, que divulgou que o Supremo Tribunal Federal (STF) não vai admitir críticas à Corte no ato de Jair Bolsonaro (PL) em São Paulo.

Malafaia destacou que não será intimidado por nada. Ainda de acordo com o religioso, se o que Lauro Jardim noticiou é verdade, “estamos vivendo a ditadura do STF”.

– LAURO JARDIM DE O GLOBO! Nada vai nos intimidar. Se o que você falou é verdade, fica provado que estamos vivendo a ditadura do STF. Essa é uma prova que estamos certos de fazer uma manifestação em favor do ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO. Onde está na constituição que o STF é incriticável? Lugar nenhum.

O líder religioso disse ainda que não tem medo de ser preso.

– NÃO TENHO MEDO DE SER PRESO! NÃO TENHO MEDO DE DITADORES – declarou o pastor.

Pastor Silas é o organizador e financiador da manifestação pró-Bolsonaro, que acontecerá no próximo domingo (25), na Avenida Paulista. Em uma entrevista recente e exclusiva ao Pleno.News, ele já havia falado que não tem medo de ser preso.

– (…) Eu não tenho medo de ser preso. Se eu tivesse medo de ser preso eu não falaria o que já falei de Alexandre de Moraes. Eu não falaria. (…) Eu tenho um texto da Bíblia comigo que é Hebreus 13:6. “Ousemos com confiança dizer: o Senhor é o meu ajudador, não temerei o que me possa fazer o homem”. (…) Se eu tivesse medo, ó, boquinha calada, escondido, sem falar nada. Eu tenho outros defeitos; esse eu não tenho – declarou o pastor.

 

FONTE:PLENO NEWS

Share:

Padres famosos são criticados por não defenderem Lancellotti Padre Julio pode ser alvo de CPI que investiga ONGs atuantes na Cracolândia de São Paulo

 

Padres Fábio de Melo e Marcelo Rossi Fotos: Vitor Eduardo e Andy Santana/ AgNews

Os padres Fábio de Melo e Marcelo Rossi foram atacados nas redes sociais nos últimos dias por usuários do X, antigo Twitter. Os primeiros ataques aconteceram com a cobrança para que eles se pronunciassem sobre o pedido de abertura de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) na Câmara Municipal de São Paulo que pode investigar o padre Julio Lancellotti.

Com as cobranças, Fábio de Melo emitiu uma nota dizendo:

– A Arquidiocese de São Paulo emitiu uma nota oficial para tratar dos assuntos que envolvem a atual situação do padre Julio Lancellotti. Conheci o padre Julio quando eu ainda era seminarista, na Pastoral Carcerária. Ao longo dos anos, em campanhas específicas, ajudei e divulguei o seu trabalho social. Recentemente falei com ele, prestei minha solidariedade. Neste momento, peço que Deus o fortaleça, que o conduza, e que tudo se esclareça o mais rápido possível – declarou.

A manifestação não foi suficiente para parte dos internautas que passaram a atacar Fábio de Melo nos comentários.

– Uma nota da assessoria de imprensa da Arquidiocese tem muito mais humanidade que o seu Tweet, padre – escreveu um crítico.

– Não existe nada a ser esclarecido, padre Fábio. Esclarecidos estamos nós, com as prioridades de alguns. Graças a Deus, o padre Júlio tem muita gente que o admira de verdade ao seu lado e estaremos sempre ao lado dele – disse um usuário do X.

Já o padre Marcelo Rossi se tornou um dos assuntos mais comentados por não emitir nenhuma nota sobre o caso. Pelo contrário, seguiu com a programação normal de seu conteúdo no X, sem falar sobre o assunto.

Nos comentários, internautas imploravam para que ele saísse em defesa do padre Julio Lancellotti, que atua com a Pastoral de São Paulo cuidando de pessoas em situação de rua.

– Por favor, mostre seu apoio ao padre Julio! Ele faz um trabalho caridoso belíssimo e precisa hoje do seu apoio – pediu uma internauta.

– Esperava que os padres apoiassem padre Julio Lancellotti, mas percebi que a Igreja Católica está disposta a abrir mão da maioria católica no país. Lamentável ser tão insensível aos necessitados padre Marcelo – disse outro crítico.

FONTE:PLENO NEWS

Share:

Juíza manda soltar brasileiros suspeitos de elo com o Hezbollah Polícia Federal investigava os suspeitos e pediu a soltura

 

Magno Malta Foto: Vinicius Loures/Câmara dos Deputados

O senador Magno Malta (PL-ES) confirmou nesta quarta-feira (6) que realmente é a voz dele no áudio que viralizou há alguns dias, onde ele se coloca contra a confirmação de Flávio Dino como ministro do Supremo Tribunal Federal (STF).Ao participar da audiência pública da Comissão de Fiscalização e Controle da Câmara dos Deputados, o parlamentar fez questão de denunciar que o áudio foi enviado para um pastor evangélico que tentou convencê-lo a receber Dino em seu gabinete.

Sem citar o nome do líder religioso, Malta deixou claro que esta pessoa estaria buscando votos para garantir que Dino seja aprovado no Senado Federal na próxima semana.

O senador capixaba, não aceitou a orientação do pastor e resolveu mandar um áudio para dizer que jamais receberia o atual ministro da Justiça, porque ele o conhece bem e sabe quem ele é, portanto, é contrário à sua indicação e escolha.

– Eu o conheço, ele é comunista confesso, a bíblia dele foi escrita por Lênin, ele diz que é comunista graças a Deus e isso é tirar com a cara dos cristãos. Quem é comunista é contra o cristianismo – diz Magno Malta no áudio.

Em outra parte, o senador declara que o indicado de Lula para o STF sabe o que fez com o Brasil no dia 8 de janeiro e também que queimou propositalmente as imagens de seu ministério que registravam a movimentação no dia dos atos.

E não é só isso, o parlamentar diz que Dino “faz escárnio do Parlamento”, destratando os deputados federais e virando as costas para os mesmos.

Ouça:

Assista:

FONTE:PLENO NEWS

Share:

Postagem em Destaque

Maio Laranja: Michelle fala sobre combater o abuso sexual infantil "O abusador rouba da criança a alegria da vida e a esperança de um futuro melhor", frisou a ex-primeira-dama

  Michelle Bolsonaro fala sobre a campanha Maio Laranja  Foto: Reprodução/Instagram Michelle Bolsonaro A ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro...

Comente deixe sua opinião

Aplicativo da webradioesperanca

Blog Archive

SIGA-ME

SIGA-ME
SEJA UM SEGUIDOR

TWITTER

whatsapp

Postagens mais visitadas

Globo de visitas

Marcadores