Esperança News: Notícias
Mostrando postagens com marcador Notícias. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Notícias. Mostrar todas as postagens

Funcionários vivem incerteza sobre futuro da Americanas Sob a condição de anonimato, colaboradores contaram que estão enviando currículo para outras empresas

 

Lojas Americanas Foto: Reprodução/ Print de vídeo YouTube Band Jornalismo

Um misto de desconfiança e de negação da realidade predomina entre os funcionários das lojas físicas da Americanas. Neste mês, a empresa entrou em recuperação judicial há menos de duas semanas depois de divulgar “inconsistências” de R$ 20 bilhões em seus balanços.

Com cerca de 1.800 pontos de vendas espalhados pelo país e também com forte presença no comércio online, a companhia tem cerca 45 mil funcionários. A rede está entre os maiores empregadores do país.

Na última sexta-feira (27), o Estadão visitou várias lojas da varejista na cidade de São Paulo e conversou com funcionários, sob a condição de anonimato. Eles disseram que a empresa mantém em dia o pagamento de salários e que, por ora, nada mudou na rotina de trabalho. Mas o que se percebe é que o clima entre os trabalhadores é dúbio: oscila entre o receio de perder o emprego e a “certeza” de que a crise na empresa não existe.

Uma vendedora, com menos de 1 ano de empresa disse que nunca passou pela sua cabeça que a Americanas pudesse entrar em crise. Animada com a companhia, ela está sendo treinada para subir de cargo, virar supervisora e ganhar mais. Ainda assim, ela já começou a mandar currículo para concorrentes da rede.

Em outra loja, outros funcionários também confirmaram que, na dúvida, começaram a se movimentar. Na empresa há quase 1 ano e meio, outra funcionária disse que não pode correr o risco de ficar sem dinheiro para pagar a faculdade.

COMUNICADO
Logo depois que a Justiça do Rio aceitou o pedido de recuperação judicial, no último dia 19, a Americanas enviou comunicado às lojas. Disse que a rede não vai falir e que “a recuperação judicial é justamente uma forma de empresas viáveis economicamente seguirem com suas operações, com seu caixa preservado e negociando com seus credores”. O comunicado esclarece também que “a lei prevê que os salários sejam pagos normalmente durante o período em que a empresa estiver em recuperação judicial”.

Na questão se haverá demissões, a Americanas afirmou que, neste momento, a companhia está focada na manutenção das operações. Em seguida, acrescentou que “um plano estratégico de otimização dos recursos está em andamento para que decisões que garantam a sustentabilidade da companhia tenham efeitos em curto prazo”. No entanto, ponderou que, “em processos como esse, é comum que haja reestruturação”.

É exatamente esse o ponto crucial para as lideranças sindicais. Na análise do presidente do Sindicato dos Comerciários de São Paulo e presidente da União Geral dos Trabalhadores (UGT), Ricardo Patah, o que está escrito nas entrelinhas é que poderá haver demissões.

– A empresa não responde claramente a pergunta se as demissões vão ocorrer, mas quem tem experiência sabe que, o que está dito na última frase, que cita a reestruturação, é isso.

BLOQUEIO
Na última quarta-feira (25), seis centrais sindicais e duas confederações de trabalhadores ajuizaram uma ação civil pública na 8ª Vara do Trabalho de Brasília para pedir que a Justiça bloqueie R$ 1,53 bilhão da conta pessoal dos principais acionistas da Americanas – o trio Jorge Paulo Lemann, Carlos Alberto Sicupira e Marcel Telles -, com o argumento de que é necessário garantir que as 17 mil ações trabalhistas em curso contra a varejista sejam pagas.

O pedido de liminar foi assinado, além da UGT, pela Central Única dos Trabalhadores (CUT), Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), Força Sindical, Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB), Nova Central Sindical de Trabalhadores (NCST), Confederação dos Trabalhadores no Comércio e Serviços (Contracs-CUT) e Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio (CNTC ). Até a conclusão desta edição, a Justiça não havia se pronunciado sobre o pedido.

De acordo com Patah, a ação civil pública é para garantir os processos em curso.

– Mas a intenção é conseguir sensibilizar o juiz para que os acionistas injetem os recursos necessários para cobrir a recuperação judicial – afirmou o sindicalista.

Procurada, a Americanas informou, por meio de sua assessoria, que “ainda não foi notificada formalmente da ação e que se manifestará a seu respeito nos autos do processo, dentro dos prazos legais fixados”.

*AE

FONTE:PLENO NEWS

Share:

Michelle Bolsonaro se manifesta após divulgação de sigilo Os nomes das pessoas que visitaram a ex-primeira-dama foram revelados pelo GSI de Lula

Michelle Bolsonaro Foto: Reprodução/YouTube ADVEC

A ex-primeira-dama, Michelle Bolsonaro, se manifestou após o Jornal O Estado de São Paulo divulgar a lista das pessoas que a visitaram no Palácio da Alvorada, residência oficial do presidente da República.

O documento estava sob sigilo de 100 anos que foi quebrado após imposição do governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), sendo então divulgado pelo Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência da República. 

A relação tem 565 registros de entrada na residência oficial e abrange o período de dezembro de 2021 a dezembro de 2022. A frequentadora mais assídua do Alvorada é Nídia Limeira de Sá, ex-diretora de Acessibilidade e Apoio a Pessoas com Deficiência do Ministério da Educação que esteve com Michelle por 51 vezes.

O pastor Claudir Machado, da Igreja Batista Atitude de Brasília, visitou a residência do presidente por 31 vezes.

O nome de Juliene Cunha também está entre os visitantes mais assíduos. Chamada de cabeleireira na reportagem do Estadão, Michelle precisou corrigir o erro em suas redes sociais.

– Fazendo só uma correção: “a cabeleireira” é minha manicure – disse ela no Instagram, com uma figura de risada.

Cynara Boechat, que se apresenta como estilista de celebridades, também está entre os que mais visitaram a ex-primeira-dama.


Michelle comenta notícia nos stories do Instagram Foto: Reprodução
FONTE PLENO NEWS
Share:

Michelle Bolsonaro se manifesta após divulgação de sigilo Os nomes das pessoas que visitaram a ex-primeira-dama foram revelados pelo GSI de Lula

 

Michelle Bolsonaro Foto: Reprodução/YouTube ADVEC

A ex-primeira-dama, Michelle Bolsonaro, se manifestou após o jornal O Estado de São Paulo divulgar a lista das pessoas que a visitaram no Palácio da Alvorada, residência oficial do presidente da República.

O documento estava sob sigilo de 100 anos que foi quebrado após imposição do governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), sendo então divulgado pelo Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência da República.

A relação tem 565 registros de entrada na residência oficial e abrange o período de dezembro de 2021 a dezembro de 2022. A frequentadora mais assídua do Alvorada é Nídia Limeira de Sá, ex-diretora de Acessibilidade e Apoio a Pessoas com Deficiência do Ministério da Educação que esteve com Michelle por 51 vezes.

O pastor Claudir Machado, da Igreja Batista Atitude de Brasília, visitou a residência do presidente por 31 vezes.

O nome de Juliene Cunha também está entre os visitantes mais assíduos. Chamada de cabeleireira na reportagem do Estadão, Michelle precisou corrigir o erro em suas redes sociais.

– Fazendo só uma correção: “a cabeleireira” é minha manicure – disse ela no Instagram, com uma figura de risada.

A Cynara Boechat, que se apresenta como estilista de celebridades, também está entre os que mais visitaram a ex-primeira-dama.

Michelle comenta notícia nos stories do Instagram Foto: Reprodução
FONTE;pleno news
Share:

Jovem que achou e devolveu R$ 1,7 mil consegue emprego Jéssica Caroline Barros, de 28 anos, estava desempregada quando decidiu procurar dono da quantia

 

Jovem que achou e devolveu dinheiro acabou conseguindo emprego por gesto de honetidade Foto: Reprodução/ EPTV

Em Jaboticabal (SP), uma jovem encontrou uma bolsa com R$ 1,7 mil dentro e decidiu procurar o dono para devolver a quantia. Jéssica Caroline Barros, de 28 anos, estava desempregada quando encontrou o valor, mas isso não foi motivo para que ela deixasse de tentar localizar a pessoa que perdeu o dinheiro. Seu exemplo acabou ganhando notoriedade e ela recebeu uma oferta de emprego, tendo começado a trabalhar em um lar de idosos.

No novo empregou, Jéssica está exercendo a função de cuidadora. Ela disse que ter conseguido um trabalho foi melhor do que ficar com o dinheiro. A verba acabou sendo devolvida após um post da jovem nas redes sociais.

O dinheiro foi encontrado quando a jovem estava indo pagar contas. A situação não estava fácil, mas Jéssica se colocou no lugar do dono do dinheiro, que também deveria ter contas a pagar.

– Estava fazendo freelancer de depilação. Estava difícil para pagar as contas. E o mais difícil era não poder ajudar em casa, porque somos eu, minha mãe, meu avô, meus irmãos e mais um sobrinho. Foi um presente de Deus. Melhor que dinheiro, porque dinheiro acaba, e emprego dá estabilidade – falou.

NOVO TRABALHO
A vaga foi oferecida pelo proprietário do lar de idosos, Leandro Ferreira, se sensibilizou com o caso e resolveu procurar Jéssica. Uma entrevista de emprego foi feita no último dia 4 e, no dia seguinte, a jovem começou a trabalhar.

– Pessoas com atitudes assim merecem toda a credibilidade e confiança. Os idosos que nós temos aqui merecem todo o carinho, amor, atenção e pessoas honestas, assim como a Jéssica foi. Mérito dela e que Deus continue a abençoando. É difícil achar pessoas honestas como a Jéssica. Se ela teve essa atitude lá, ela vai ter a mesma atitude cuidando de nossos idosos – disse o empresário.

DINHEIRO PERTENCIA A UMA APOSENTADA
O dinheiro devolvido, que mudou a vida de Jéssica foi encontrado, no dia 2 de janeiro, em uma rua do Centro da cidade. Muitos golpistas tentaram se passar por donos da quantia, mas o sobrinho da dona da bolsa fez contato e forneceu detalhes. A verdade é que a quantia passava um pouco de R$ 1,7 mil, totalizando R$ 1.740,25. Somente o verdadeiro dono saberia até os centavos que estavam na carteira. A verba era referente a um benefício de uma aposentada.

Jéssica afirmou que fez o que gostaria que alguém tivesse feito por ela.

– É o mesmo que queria que fizessem comigo. Imaginei a pessoa desesperada, precisando do dinheiro. A consciência está tranquila. Fiz o certo, graças a Deus. [Sensação] de bem-estar com a gente, e feliz por a pessoa estar bem e ter recebido o dinheiro.

FONTE:PLENO NEWS

Share:

Marinha demite capitão por participação em atos políticos Regulamento das Forças Armadas não permite aos militares participação em manifestações políticas

 

Vilmar José Furtuna Foto: Reprodução / Redes Sociais

Na mesma linha de decisão do Exército, que optou por demitir um coronel da reserva por participar das manifestações radicais no último domingo (8), a Marinha do Brasil confirmou, nesta terça-feira (10), que demitiu o capitão de mar e guerra da reserva, Vilmar José Furtuna.

Ele estava no cargo por período determinado no Ministério da Defesa e, segundo o Portal da Transparência, recebia algo em torno de R$ 35 mil por mês.

O motivo da decisão foi, de fato, segundo a Marinha, sua ligação com os atos extremistas comprovada por fotografia no local e publicada nas redes sociais.

De acordo com o Regulamento Disciplinar das Forças Armadas, militares não podem participar de atos políticos, com agravamento se associados a depredações ou atitudes reprováveis contra a ordem democrática e constitucional. A norma é válida até para os que estão na chamada reserva remunerada.

FONTE:PLENO NEWS

Share:

General adverte Barroso após ele chamar manifestante de “mané” Paulo Chagas disse ao ministro para tomar "cuidado com a cólera das multidões"

 

General Paulo Chagas Foto: Câmara dos Deputados/Pablo Valadares

O general Paulo Chagas usou as redes sociais para direcionar o que chamou de “alerta” ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, após o magistrado chamar de “mané” um brasileiro que o interpelou nas ruas de Nova Iorque, nos Estados Unidos.

Em postagem no Twitter nesta quarta-feira (16), Chagas afirmou que “todo o poder emana do povo” e disse ao ministro para ter “cuidado com a cólera das multidões”.

– Dita pelo senhor ministro Luiz Roberto Barroso, a frase do momento é “perdeu, mané!”, dirigida a um brasileiro que o interpelava em NY. Com todo respeito e no mesmo nível, eu o alerto: Se liga, mané, todo o poder emana do povo! Quem avisa amigo é, cuidado com a “cólera das multidões”!! – escreveu o militar.

Cansado de “manter a pose” diante de protestos, o ministro rebateu o manifestante durante sua viagem aos Estados Unidos, onde esteve para participar de uma conferência organizada pelo LIDE (Grupo de Líderes Empresariais). O magistrado bradou um sonoro: “Perdeu, mané. Não amola”.

A resposta foi ao questionamento de um homem sobre a liberação do código-fonte das urnas eletrônicas ao Ministério da Defesa, para que a auditoria fosse completa, segundo solicitaram os militares.

– O senhor vai responder as Forças Armadas? Vai deixar o código-fonte ser exposto? O Brasil precisa dessa resposta, ministro – questionou o manifestante, na ocasião.

A frase logo repercutiu nas redes sociais, tornando-se um dos assuntos mais comentados do Twitter na última terça-feira (15).

FONTE:PLENO NEWS

Share:

Em MG, acidente deixa ao menos 7 mortos; 2 crianças são vítimas Crianças de 2 e 7 anos morreram no grave acidente que aconteceu na altura da cidade de Ouro Preto

 

Acidente grave em Ouro Preto matou sete pessoas Foto: Corpo de Bombeiros de Ouro Preto

Ao menos sete pessoas morreram em um grave acidente ocorrido na noite deste domingo (16) envolvendo quatro carros na altura do quilômetro 88 da BR-356, em Ouro Preto, Minas Gerais. Entre os mortos estão duas crianças, de 2 e 7 anos. Quatro adultos faleceram já no local do acidente, enquanto outra pessoa morreu depois de dar entrada em uma unidade de saúde.

De acordo com informações passadas pela Polícia Militar ao portal G1, o acidente foi provocado por uma ultrapassagem irregular de um dos condutores envolvidos no acidente, que não tinha habilitação. Ele foi uma das sete pessoas que morreram no ocorrido.O comandante da 2ª Companhia de Bombeiro Militar, em Ouro Preto, informou que as vítimas estavam presas às ferragens. Duas pessoas foram transferidas para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, em Belo Horizonte. Uma mulher de 28 anos que está em estado grave, e uma adolescente de 16 anos que segue estável.

Por causa do forte impacto entre os veículos, o trânsito ficou interditado nos dois sentidos da rodovia. A pista onde a colisão aconteceu ficou fechada por quase seis horas, sendo liberada por volta das 23h. Os corpos foram encaminhados para o IML da cidade de Itabirito. A polícia trabalha agora para identificar as vítimas.

FONTE:PLENO NEWS

Share:

Aneel aprova revisão que reduz tarifas de 10 distribuidoras Novos valores entram em vigor a partir desta quarta-feira

 

Aneel aprova revisão tarifária que reduz tarifas de 10 distribuidoras Foto: Pexels

Nesta terça-feira (12), a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) aprovou as Revisões Tarifárias Extraordinárias (RTEs) de dez distribuidoras que já passaram por processo tarifário em 2022, levando à redução dos índices que já tinham sido homologados. As novas tarifas entram em vigor a partir da quarta-feira (13).

De acordo com a ANEEL, as revisões ocorreram em decorrência da aplicação da Lei nº 14.385/2022, para considerar a devolução de valores advindos de ações judiciais transitadas em julgado que estabeleceram a exclusão do ICMS da base de cálculo do PIS/Cofins cobrado na conta de energia.

Considerando a decisão de hoje e as devoluções já ocorridas nos processos de 2022, o efeito médio sobre as tarifas vigentes a ser percebido pelos consumidores residenciais varia de 0,5% a 5,34% de redução, dependendo da distribuidora.

A agência informou que foram adiadas as deliberações dos processos tarifários das distribuidoras Energisa Mato Grosso do Sul (EMS), Energisa Mato Grosso (EMT), cujos créditos ainda não foram habilitados pela receita federal, além da Equatorial Alagoas e da Light, por causa de liminares judiciais.

Em relação aos processos tarifários de distribuidoras que ainda não ocorreram em 2022, o colegiado da Aneel fará os cálculos do impacto da devolução no momento do reajuste e da revisão de cada empresa.

*Agência Brasil.

FONTE:PLENO NEWS

Share:

Barbosa diz que Forças Armadas devem “permanecer quietinhas” Ex-ministro do STF rebateu falas do atual ministro da Defesa

 

Ex-ministro do STF, Joaquim Barbosa Foto: Nelson Jr./SCO/STF

O ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, elevou o tom contra o ministro da Defesa, general Paulo Sérgio Nogueira, em uma série de postagens no Twitter na madrugada desta quinta-feira (7). As falas de Nogueira sobre a colaboração da Forças Armadas nas eleições motivou as críticas do ex-membro da Corte.

Em comissão na Câmara dos Deputados, o ministro da Defesa disse que “As Forças Armadas estavam quietinhas em seu canto e foram convidadas pelo TSE”. Barbosa, por sua vez, rebateu dizendo que “as Forças Armadas devem permanecer quietinhas em seu canto, pois não há espaço para elas na direção do processo eleitoral brasileiro”.

Barbosa criticou a posição de apoio ao presidente Jair Bolsonaro pelo ministro da Defesa e falou em golpe.

– Insistir nessa agenda de pressão desabrida e cínica sobre a Justiça Eleitoral, em clara atitude de vassalagem em relação a Bolsonaro, que é candidato à reeleição, é sinalizar ao mundo que o Brasil caminha paulatinamente rumo a um golpe de Estado. Pense nisso, general – assinalou.

Continuando as críticas, Barbosa ressaltou a independência do TSE em relação aos “militares de casaca”.

– Um aspecto importantíssimo, que singulariza o Brasil no concerto das democracias, reside precisamente no seguinte: temos um ramo da Justiça, independente, concebido precisamente para subtrair o processo eleitoral ao controle dos políticos. E dos militares de casaca, claro – concluiu.

FONTE:PLENO NEWS

Share:

Novos gestores revelam quanto Luva de Pedreiro tem no banco Influenciador não tem praticamente nada apesar de ter fechado contrato milionário

 

Iran Ferreira, mais conhecido como Luva de Pedreiro Foto: Reprodução/Print de vídeo Instagram Iran Ferreira, Luva de Pedreiro

Os novos gestores da carreira de Iran Ferreira, mais conhecido como Luva de Pedreiro, revelaram os valores atuais das contas bancárias do influenciador digital. As informações são do colunista Leo Dias, do portal Metrópoles.

Os nomes dos integrantes da nova equipe responsável pela gestão de Iran não foram divulgados. Eles contaram que as duas únicas contas bancárias do influenciador tiveram um giro de R$ 7.500 no decorrer do ano de 2022.

O jovem não tem praticamente nada no saldo atual, de acordo com os gestores. Eles disseram ainda que o ex-empresário do jovem, Allan Jesus, afirma que existe outra conta bancária além das duas que foram checadas. Porém, a informação não é de conhecimento do influenciador.

Iran tem mais de 14 milhões de seguidores no Instagram. No último fim de semana, Luva de Pedreiro fez uma live na rede social e deixou os fãs preocupados ao dizer que ia parar de publicar vídeos. No entanto, menos de 24 horas após o desabafo, o rapaz voltou a fazer postagens.

O colunista Leo Dias destacou que o início de Iran nas redes “foi tão promissor, que mesmo sem exclusividade com alguma empresa, seu primeiro grande faturamento foi de R$ 300 mil”. Além disso, há dois meses, o influenciador conseguiu um contrato de R$ 1 milhão com a Amazon Prime Video para a divulgação do cardápio de eventos esportivos.

Com isso, os fãs querem saber como o dinheiro de Ferreira foi gerenciado, visto que ele segue morando em uma casa simples no interior da Bahia.

FONTE:PLENBO NEWS

Share:

Polícia Militar de Minas Gerais faz homenagem a Gusttavo Lima Vídeo foi compartilhado nas redes sociais, nesta quarta-feira

 

Gusttavo Lima Foto: Thiago Duran / AgNews

Nesta quarta-feira (1º), a Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) compartilhou um vídeo, que mostra agentes prestando solidariedade ao artista. A homenagem surge em meio a polêmicas sobre shows pagos por prefeituras.

Segundo informações do portal BHAZ, o tenente-coronel Flávio Santiago aparece na gravação e faz uma homenagem a Gusttavo. O cantor fez show em Divinópolis (MG), na terça (31) .

– Primeiramente, trazer a solidariedade da Polícia Militar para você, nossa casaca parda está contigo – disse o tenente-coronel, no vídeo.

Ele também deu a Lima uma camiseta personalizada com o tema da série lançada pela corporação em abril, Segunda Pele.

FONTE:PLENOO NEWS

Share:

Campanha do novo Polo com casal gay gera críticas e memes Volkswagen lançou campanha abordando a diversidade

Casal homossexual estrela campanha da Volkswagen Foto: Divulgação/Volkswagen

A escolha feita pela Volkswagen para anunciar o novo VW Polo 2023 nas redes sociais gerou polêmica entre os internautas. A peça publicitária é estrelada por um casal gay, fazendo um aceno à comunidade LGBTQIA+.

A montadora publicou em seus perfis oficiais no Twitter, Instagram e no Facebook a foto do casal abraçado, com a legenda: “Sabe o que evoluiu junto com você? O Polo. O que já era bom ficou ainda melhor, com muito mais segurança e tecnologia. Você acessa seu veículo sem o uso de chaves, aproveita a transmissão automática de 6 velocidades e se conecta com tudo pelo VW Play”.

A publicação é mais uma que faz parte da campanha iniciada pela Volkswagen em 2021, que aborda o tema da diversidade. Porém, muitos internautas não receberam bem a novidade, tornando o tema um dos assuntos mais comentados do Twitter nesta terça-feira (10).

A postagem no Instagram recebeu mais de 4 mil comentários, enquanto a do Facebook já conta com mais de 20 mil. Entre as críticas e repúdios também houve espaço para a zombaria dos internautas.

– A VW poderia “escalar” o Randolfe e o Doria neste comercial do Polo… o que acham? – brincou um internauta.

– Rapaz… explodiu o número de ofertas de venda do carro Polo depois que a VW tentou lacrar naquela propaganda LGBTTQIA@$+! Só no OLX são quase 40 mil à venda – ironizou o jornalista Bernardo Kuster.

A empresa informou em nota que “a diferença enriquece e o respeito une”. A montadora disse que a promoção à diversidade e inclusão é um dos pilares estratégicos de sua marca.

– A premissa da marca é garantir um comportamento respeitoso e inclusivo, dentro e fora da empresa, com parceiros diretos ou indiretos de negócio – diz o texto.






FONTE:PLENO NEWS
Share:

Estudante denuncia tentativa de estupro no campus da USP Parte do campus estava sem energia elétrica

 

Halley Becegato é aluna da Universidade de São Paulo (USP) Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal

Uma estudante da Universidade de São Paulo (USP) sofreu assédio e correu risco de estupro dentro do campus da Cidade Universitária, na Zona Oeste da capital paulista. Halley Becegato, de 25 anos, fez o relato do caso nas redes sociais.

O episódio ocorreu na noite deste domingo (8), quando parte do campus estava sem energia elétrica. A estudante de Astronomia e moradora do Conjunto Residencial da USP (Crusp) se dirigiu ao Instituto de Astronomia por volta das 11 da manhã para estudar e trabalhar. Às 18h15, quando decidiu deixar o local, a Cidade Universitária já estava inteiramente apagada, além de deserta. A distância que ela teria que percorrer era de cerca de dois quilômetros.

– Eu estava sozinha, encontrei no máximo dois funcionários. O caminho foi muito difícil, estava tudo apagado e tentei iluminar alguns trechos com o celular – contou.

De acordo com o relato, enquanto tentava iluminar o caminho com o celular, a estudante sentiu alguém se aproximando. Ela afirmou que um homem apareceu e começou a assediar verbalmente, dizendo coisas como para “aproveitarem o escuro, que ninguém ia ver”.

– Eu nem vi de onde ele veio, só senti alguém próximo a mim. Guardei o celular, abracei a bolsa e passei a andar mais rápido. Ele começou a me chamar, disse para aproveitarmos o escuro, que ninguém ia ver e depois fez uma referência a sentir o pênis dele – expôs.

Tomada pelo pânico, Halley correu em direção à Praça do Relógio, que fica em frente ao Crusp.

– E a guarda da universidade? A polícia militar do campus? Não vi nenhum. Em todo os 2 quilômetros e meio que andei no escuro – relatou.

Quando finalmente encontrou uma base policial, a estudante falou com policiais, mas não obteve a ajuda que ela esperava.

– Falei sobre o ocorrido com os policiais, mas disseram que não poderiam fazer muita coisa, porque eu não saberia reconhecer o homem – disse Halley, que acabou não fazendo registro de ocorrência, mas registrou na Guarda Universitária.

– Fiz um registro na Guarda Universitária, por orientação do reitor e dos professores. Alguns órgãos da USP entraram em contato comigo e pediram para eu fazer o registro, tanto a prefeita do campus, como a superintendente de seguranças – explicou.

A denúncia da estudante nas redes sociais não foi apenas sobre o perigo que sofreu, mas ao aparente descaso da instituição.

– Não é a primeira vez que nos deixam sem luz aos finais de semana. A USP não liga pra gente, nos trata como se estivéssemos fazendo um favor e esquece que quem faz essa m**** de universidade existir é funcionar é a gente. As pessoas que eles humilham todos os dias – desabafou.

fonte:pleno news

Share:

Postagem em Destaque

Deputado quer proibir transição de gênero em menores de idade Projeto de lei foi protocolado por Gil Diniz, na última quarta-feira

  Gil Diniz  Foto: Reprodução/ Print de vídeo YouTube Alesp Na última quarta-feira (1º), o deputado Gil Diniz (PL-SP) protocolou, na Assembl...

Comente deixe sua opinião

Blog Archive

SIGA-ME

SIGA-ME
SEJA UM SEGUIDOR

TWITTER

whatsapp

Postagens mais visitadas

Globo de visitas

Marcadores