Esperança News: Politica

ANUNCIE EM NOSSO SITE

ANUNCIE EM NOSSO SITE AQUI
Mostrando postagens com marcador Politica. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Politica. Mostrar todas as postagens

Maio Laranja: Michelle fala sobre combater o abuso sexual infantil "O abusador rouba da criança a alegria da vida e a esperança de um futuro melhor", frisou a ex-primeira-dama

 

Michelle Bolsonaro fala sobre a campanha Maio Laranja Foto: Reprodução/Instagram Michelle Bolsonaro

A ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro usou suas redes sociais neste sábado (18) para reverberar uma campanha tão importante e que carece de conscientização. Maio Laranja é uma iniciativa que visa combater a exploração e o abuso sexual de crianças e adolescentes no Brasil.

A data escolhida pela presidente nacional do PL Mulher para a publicação não foi por acaso, já que 18 de maio foi escolhido no calendário como o dia nacional de combate ao abuso e à exploração sexual infantil no Brasil.

Sensível a essas demandas sociais, Michelle, que goza de expressiva e crescente popularidade no país, empenha sua notoriedade para dar visibilidade a um assunto tão delicado, mas que precisa ser enfrentado.

– Você sabia que mais da metade das crianças que sofrem abuso sexual no Brasil tem entre 1 e 5 anos de idade? – observou a ex-primeira-dama.

Em seguida, ela destacou que a criança vítima dessa crueldade “tem a sua autoimagem destruída, tende a perder a confiança nas pessoas, e grande chance de carregar um trauma psicológico profundo, que dificilmente será esquecido”.

– O abusador rouba da criança a alegria da vida e a esperança de um futuro melhor. Eles destroem a felicidade desses inocentes, ferem a dignidade do ser humano e arrasam famílias inteiras – advertiu Michelle.

Ela cobrou punição a esses criminosos e, também, a ação de todos os cidadãos de bem para, unidos, sermos mais fortes contra essas práticas que ceifam sonhos, projetos de vida e subtraem o prazer de viver de quem é acometido por essa barbárie.

Assista:

FONTE:PLENO NEWS

Share:

Sebastião Coelho passa a integrar a defesa de Daniel Silveira Desembargador aposentado atuará junto ao advogado Paulo Faria

 

Sebastião Coelho Foto: Pedro França/Agência Senado

O advogado Sebastião Coelho, que é desembargador aposentado, passou a compor a defesa do deputado federal cassado Daniel Silveira, nesta sexta-feira (17). Ele vai trabalhar junto ao atual advogado de Silveira, Paulo Faria.

Coelho ganhou notoriedade no cenário nacional no ano passado, durante sua sustentação oral no primeiro julgamento dos presos do 8 de janeiro, onde, frontalmente, disse aos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) que eles são as pessoas mais odiadas do Brasil.

Silveira foi preso em 2022 após publicar um vídeo dizendo que se imaginava agredindo fisicamente os ministros do STF e os desafiou a prender o general de Exército Eduardo Villas Bôas por críticas ao julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) pelo tribunal. O deputado ainda fez referência à cassação de juízes do Supremo pelo Ato Institucional nº 5 (AI-5) durante o período militar.

Embora haja muita discordância entre juristas quanto ao teor das declarações proferidas por Daniel Silveira, a letra fria da Constituição Federal prevê, em seu artigo 53, que “os deputados e senadores são invioláveis, civil e penalmente, por quaisquer de suas opiniões, palavras e votos”.

FONTE:PLENO NEWS


Share:

Crivella sugere uso das reservas internacionais para ajudar o RS Republicanos apresentou uma MP para criar um órgão federal que coordene as ações em calamidades

 

Marcelo Crivella Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

O deputado federal Marcelo Crivella (Republicanos-RJ) protocolou nesta semana uma Medida Provisória (MP) com apoio de todos os 43 parlamentares de seu partido para sugerir a criação de um órgão federal que coordene as ações em calamidades públicas como as do Rio Grande do Sul.

Crivella também sugere o uso das reservas internacionais para recuperar os estragos causados pelas chuvas que atingiram quase todo o território gaúcho.

– O governo federal deveria utilizar parte das reservas internacionais para ajudar o povo gaúcho. Que o governo pegue 5% das reservas internacionais que nós temos depositados em bancos da Europa e dos Estados Unidos, com juros baixíssimos. É aproximadamente US$ 400 bilhões, o que daria hoje em torno de R$ 2 trilhões – diz o parlamentar à Agência Estado.

E continuou:

– Trata-se, com efeito, de um verdadeiro esforço de guerra para salvar as vidas e as condições de vida digna, àquele povo tão duramente atingido neste momento e, em se tratando de guerra, é preciso a coordenação dos esforços em nível federal.

O Republicanos apresentou esta solução após o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) escolher Paulo Pimenta como ministro da secretaria extraordinária do Estado, passando a coordenar as ações do governo federal no Rio Grande do Sul.

FONTE:PLENO NEWS

Share:

Jovem vence ação após contrariar trans nos esportes femininos Sophia Lorey processou biblioteca por expulsá-la durante discurso feito por ela em evento

 

Sophia Lorey

A ex-jogadora de futebol universitário e ativista do esporte feminino, Sophia Lorey, venceu uma ação judicial contra uma biblioteca que a expulsou do espaço, após ela discursar em oposição à entrada de transexuais na categoria das mulheres. A jovem comemorou ao dizer que trata-se de uma “vitória de todas que defendem a verdade biológica e a justiça nos esportes”.– O direito de expressar nossas preocupações sobre a presença de homens em esportes femininos é fundamental – disse Lorey, que atualmente é diretora de divulgação do Conselho da Família da Califórnia, Estados Unidos.

A expulsão aconteceu em agosto de 2023, quando Lorey foi convidada para palestrar no evento Fórum sobre Esporte Justo e Seguro para Meninas, realizado na biblioteca do Condado de Yolo, Califórnia. Na ocasião, a jovem foi interrompida após dizer “homens em esportes femininos”. A instituição afirmou que o uso inadequado de gênero violava sua política interna.

– Apenas mencionar “homens competindo em esportes femininos” foi suficiente para que eu fosse censurada e expulsa. Isso não é apenas injusto, mas também inconstitucional – declarou.

O momento em que Lorey foi impedida de prosseguir com o discurso foi registrado em vídeo, que se encontra disponível.

Assista:

Baseada nos direitos da Primeira Emenda da Constituição estadunidense – trecho que versa sobre a liberdade de expressão -, Lorey processou funcionários da biblioteca com apoio de outras ativistas, da Aliança Defendendo a Liberdade (Alliance Defending Freedom) e do Instituto pela Liberdade de Expressão (Institute for Free Speech).

Após a vitória judicial, a biblioteca prometeu, em acordo, mudar suas políticas e proibir intervenções no conteúdo das apresentações. Também abriu o espaço para que o fórum que foi interrompido ocorresse novamente no último dia 13 de abril.

FONTE:PLENO NEWS

Share:

Para Estadão, intervenção de Lula no RS é indecente e politicagem Petista anunciou criação Ministério Extraordinário para Apoio à Reconstrução do Rio Grande do Sul

 

Paulo Pimenta e Lula Foto: Ricardo Stuckert / PR

Anunciado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nesta quarta-feira (16), o Ministério Extraordinário para Apoio à Reconstrução do Rio Grande do Sul virou alvo de críticas por parte do Estadão. Para o jornal, a criação da pasta representa uma intromissão na liderança do governo estadual, e a escolha pelo ex-ministro da Secom (Secretaria de Comunicação), Paulo Pimenta, para comandá-la demonstraria qual a real motivação: “promover a imagem do governo federal” e “explorar politicamente a tragédia”.

– É obscura a função do tal Ministério Extraordinário para Apoio à Reconstrução do Rio Grande do Sul, mas sua motivação é claríssima: ao escolher como titular da pasta o agora ex-ministro-chefe da Secretaria de Comunicação (Secom) da Presidência Paulo Pimenta, Lula não escondeu que pretende explorar politicamente a tragédia daquele Estado. Para que não restassem dúvidas, o demiurgo petista transformou o anúncio das medidas num comício obsceno, em que anunciou até que vai disputar “mais dez eleições” – opinou o jornal, no texto intitulado A Indecente Exploração Política da Tragédia no RS.

O Estadão considera que a escolha por Pimenta também tenha sido feita ainda porque ele é cotado para ser candidato ao governo do RS em 2026, e que sua atuação na nova pasta seria uma espécie de “campanha eleitoral antecipada do que ganhar a atenção dos aflitos eleitores gaúchos”.

O veículo de imprensa ainda cita que o governador gaúcho, Eduardo Leite (PSDB-RS), sequer foi comunicado sobre a criação da secretaria extraordinária, tendo ficado sabendo por meio da imprensa.

– Não é desse tipo de picuinha política que os gaúchos precisam neste momento. Não há dúvida de que reconstruir o Rio Grande do Sul não só demandará sacrifícios ainda desconhecidos, como dependerá fundamentalmente da presença da União. O governo federal, portanto, não só pode, como deve vir em socorro do estado. Mas, primeiro, da forma constitucionalmente adequada, vale dizer, respeitando a Federação; e, segundo, utilizando os meios corretos – acrescentou.

Por fim, o jornal destaca que “ajudar não é se intrometer”. A conclusão do editorial é que a criação do ministério extraordinário tem a “exata medida dos interesses políticos tanto do presidente como do sr. Pimenta” e que não passa de “politicagem”.

FONTE:PLENO NEWS


Share:

André Mendonça é eleito para o TSE e elogia gestão de Moraes Eleição ocorreu nesta quinta-feira

 

André Mendonça Foto: Gustavo Moreno/SCO/STF

Nesta quinta-feira (16), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) André Mendonça foi eleito para a vaga de ministro efetivo do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), órgão responsável pela organização das eleições.

Desde 2022, o magistrado atua no tribunal, mas como ministro substituto. Com a saída de Alexandre de Moraes, atual presidente do TSE, no próximo mês, uma das três cadeiras efetivas destinada a membros do Supremo ficará vaga e será ocupada por André Mendonça.

A eleição foi realizada de forma simbólica pelo plenário do STF. As cadeiras do Supremo no TSE são ocupadas de forma rotativa entre os ministros.

Ao ser eleito para a vaga efetiva, Mendonça se comprometeu a atuar de forma imparcial no tribunal eleitoral.

O cargo tem duração de dois anos, e é renovável por mais dois. André Mendonça elogiou a gestão de Alexandre de Moraes. Segundo ele, o período foi marcado por “algumas turbulências” e “questionamentos”.

– Registro a gestão exitosa de Vossa Excelência à frente do TSE, conduzindo o tribunal em tempos em que por vezes algumas turbulências, vamos dizer assim, alguns questionamentos, e Vossa Excelência, com muita firmeza e competência, esteve à frente do TSE.

Moraes deixará a presidência do TSE no dia 3 de junho, quando completará o período máximo de 4 anos na Corte. Ele será sucedido pela ministra Cármen Lúcia no comando do tribunal.

A partir de junho, o TSE será composto pela ministra Cármen Lúcia, presidente; Nunes Marques, vice-presidente; e os ministros André Mendonça, Raul Araújo (STJ), Maria Isabel Galotti (STJ), Floriano de Azevedo Marques e André Ramos Tavares, ambos oriundos da advocacia.

O TSE é composto por sete ministros, sendo três do STF, dois do Superior Tribunal de Justiça, e dois advogados indicados pelo presidente da República.

*Com informações da Agência Brasil

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Pleno.News (@plenonews)

Share:

Deputada Amália Barros é velada neste domingo em cidade natal Despedida da parlamentar ocorre na Prefeitura de Mogi Mirim, em SP

 

Amália Barros Foto: Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados

Os ritos de despedida da deputada Amália Barros têm início na tarde deste domingo (12). A vice-presidente do PL Mulher será velada na Prefeitura Municipal de Mogi Mirim, em São Paulo, a partir das 16h. Já o sepultamento ocorre nesta segunda-feira (13), às 11h, no Cemitério Municipal da Saudade, também na cidade de Mogi Mirim, onde a parlamentar nasceu.

A morte precoce de Amália Barros, de 39 anos, ocorreu na madrugada deste domingo em razão de complicações de uma cirurgia para a retirada de um nódulo no pâncreas. A congressista estava internada desde o dia 1° de maio e, desde então, passou por quatro procedimentos médicos.

Grande amiga da família Bolsonaro, Amália estava exercendo seu primeiro mandato como deputada federal. Ela se tornou conhecida nacionalmente após conseguir apoio para aprovar, antes mesmo de entrar para a política, o projeto que deu base para a Lei nº 14.126/2021, que classifica a visão monocular como deficiência sensorial.

A política perdeu a visão aos 20 anos devido a um quadro de toxoplasmose, infecção provocada por um protozoário propagado por animais ou insetos. Desde então, ela lutava pela causa de pessoas com deficiência.

Em homenagem à amiga, a ex-primeira-dama e atual presidente do PL Mulher, Michelle Bolsonaro, disse que a amará para sempre e que agora ela está “nos braços do Pai”.

– Amália Barros, uma verdadeira guerreira das causas sociais e defensora incansável dos direitos das pessoas com deficiência, nos deixou, mas deixa um legado de luta, resiliência e esperança que transcenderá gerações – disse a esposa de Bolsonaro, em publicação conjunta com a jornalista e designer gráfica Raquel Moreno.

FONTE:PLENO NEWS

Share:

Heloisa questiona: “Por que o Exército não está em peso no RS?” Esposa de Eduardo Bolsonaro se manifestou por meio das redes sociais, nesta quarta-feira

 

Heloisa Bolsonaro Foto: Reprodução/Redes Sociais

Nesta quarta-feira (8), Heloisa Bolsonaro, psicóloga e esposa do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP), cobrou o Exército Brasileiro quanto ao trabalho de ajuda no Rio Grande do Sul. Ela questionou o motivo de os militares não estarem “em peso”no estado.

Heloisa se manifestou por meio dos stories do Instagram. Ela disse que “está tudo sendo feito exclusivamente por voluntários”.

– Por que o Exército não está em peso no RS? Os abrigos precisam de apoio! Está tudo sendo feito exclusivamente por voluntários.
Assaltos a mão armada ocorrendo. Cadê o braço forte, mão amiga? O que virou essa Instituição tão subordinada? – perguntou.

FONTE:PLENO NEWS

Share:

MG inaugura fábrica de mosquito modificado contra a dengue "Vai revolucionar o futuro de Minas", disse o governador Romeu Zema

 

Mosquito Aedes Aegypti Foto: CDC/James Gathany

Minas Gerais inaugurou há uma semana uma biofábrica de mosquitos modificados, caracterizados por carregar a bactéria Wolbachia (os wolbitos), que é capaz de bloquear a transmissão de arboviroses dos vetores aos humanos, principalmente a dengue. A produção, porém, só deve começar em 2025.

Os recursos para construção do prédio em Belo Horizonte foram provenientes do acordo de reparação dos danos causados pelo rompimento da barragem da mineradora Vale, em Brumadinho, em janeiro de 2019. A tragédia tirou a vida de 272 pessoas. Por isso, na primeira fase do novo projeto, os mosquitos Aedes aegypti com a bactéria serão soltos na cidade de Brumadinho e em outros 21 municípios da Bacia do Rio Paraopeba.

Segundo o Ministério da Saúde, a Vale também vai arcar com a montagem dos equipamentos e o custeio das operações por cinco anos. A construção do prédio recebeu investimento de aproximadamente R$ 20 milhões, e a etapa de operação prevê mais R$ 57 milhões, de acordo com o governo mineiro.

A ideia é que, no futuro, a fábrica consiga atender à demanda por wolbitos de todos os municípios mineiros.

– A fábrica com certeza vai chegar a uma capacidade de 60 milhões de mosquitos por mês. Com o tempo, vamos ter aqui em Minas números muito melhores com relação à dengue – afirmou o governador Romeu Zema (Novo).

O estado já registrou mais de 1,3 milhão de casos prováveis e confirmou 324 mortes pela doença neste ano.

– É uma fábrica que vai revolucionar o futuro de Minas – disse o governador.

No final do ano passado, nas cidades onde o método tem sido utilizado, pesquisadores alcançaram reduções de até 90% na incidência da dengue. Eles também tiveram resultados positivos em relação a outras doenças causadas pelo mosquito, como zika e chikungunya.

No Brasil, o método australiano é conduzido pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), com financiamento do Ministério da Saúde em parceria com governos locais, desde 2014. Até o ano passado, o World Mosquito Program (WPM), detentor da patente da metodologia, usava, de forma provisória, o prédio da Fiocruz, no Rio de Janeiro, e em um espaço cedido pela prefeitura de Belo Horizonte para produzir wolbitos.

*AE

FONTE:PLENO NEWS

Share:

Saiba o que é erisipela, infecção que acometeu Jair Bolsonaro Confira sintomas, riscos, método de contágio e de prevenção

 

Jair Bolsonaro Foto: EFE/ Andre Borges

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) foi internado no último sábado (4) devido a um quadro de erisipela. Para muitos, o nome da infecção é desconhecido, e o Pleno.News esclarece o que está por trás da doença, que já acometeu o líder político duas vezes.

A erisipela é uma infecção aguda causada por uma bactéria chamada 
estreptococos, que acomete a derme e a epiderme, ou seja a pele e seus tecidos superficiais. Entre os sintomas mais comuns estão febre, dor, inchaço, coceira, manchas vermelhas, bolhas, calafrios, ínguas e queimação na pele.

A bactéria penetra na pele do hospedeiro por meio de feridas, micose nas unhas, picada de inseto, cortes cirúrgicos, alergia, entre outras portas de entrada.

Muitos possuem dúvidas se a doença é ou não contagiosa, mas a doutora Clívia Oliveira Carneiro, da Sociedade Brasileira de Dermatologia, explica que trata-se de uma infecção não contagiosa. Isso porque, como já dito, é necessária alguma lesão para que a bactéria entre.

Carneiro, porém, reconhece que há raros casos em que o estreptococos passam de uma pessoa para a outra. Para isso, seria necessário que o indivíduo estivesse lesionado, tivesse contato direto com a região infectada e fosse imunossuprimido.

O tratamento da erisipela é feito por meio de antibióticos e pode durar de sete a 14 dias. Em alguns casos, a limpeza da pele também se mostra necessária para reduzir inchaços.

RISCOS E PREVENÇÃO
Em geral, quando o diagnóstico é feito no início, a infecção não gera complicações. Entretanto, se não tratada, ela pode evoluir para ulcerações, abscessos e trombose. Em casos de surtos repetidos, pode ser gerado um linfedema, ou seja, um inchaço persistente que geralmente afeta e perna e o tornozelo.

No grupo de risco, estão pessoas com varizes, diabetes, obesidade, ou que fazem tratamentos imunossupressores, como quimioterapia.

A dica para prevenir casos da doença é manter as mãos e os pés secos, limpos e sem rachaduras; tratar as frieiras e lesões na perna; e evitar permanecer por tempo prolongado de pé.

FONTE:PLENO NEWS

Share:

Câmara de Londrina aprova PL que veta trans em time feminino O projeto é de autoria da vereadora Jessicão

 

Vereadora Jessicão Foto: Secom/Câmara de Londrina

A Câmara Municipal de Londrina, no Paraná, aprovou um projeto de lei que proíbe a participação de pessoas trans em times esportivos do sexo oposto ao de seu nascimento. De autoria da vereadora Jessicão (PP), o projeto dispõe que as competições que sejam promovidas ou patrocinadas pela Prefeitura respeitem o sexo biológico dos competidores, quer sejam em competições coletivas ou individuais.

O texto diz que “a obrigatoriedade da identificação do atleta por meio do sexo biológico de seu nascimento, ‘feminino’ ou ‘masculino’, visa promover a equidade física e psicológica nas competições, eventos e disputas de modalidade esportivas”.

A autora do projeto disse que sua intenção é trazer justiça às mulheres, para que, no esporte, possam competir apenas com mulheres de nascimento.

– Quem nasceu homem tem que competir com quem nasceu homem e o mesmo vale para as mulheres – disse a vereadora ao Pleno.News.

O projeto aprovado traz algumas consequências a quem não cumprir a lei, caso seja sancionada pela Prefeitura, como proibir a expedição do alvará para competições ou eventos que tenham atletas trans em times do sexo biológico contrário. Além disso, os responsáveis pela competição serão multados em R$ 10 mil.

Outro ponto da lei é vetar bolsas para atletas que disputem na modalidade não correspondente ao seu sexo biológico. E o vínculo entre a prefeitura e o time esportivo que mantiver atletas trans poderá ser encerrado.

FONTE:PLENO NEWS

Share:

Ex-candidata do PT que chamou Moro de canalha é condenada Empresária Roberta Luchsinger terá de indenizar o casal Moro em R$ 70 mil

 

Roberta Luchsinger Foto: Reprodução/YouTube Tv Cultura Campinas - Oficial

A empresária Roberta Luchsinger foi condenada em segunda instância pela Justiça de São Paulo e terá de indenizar o senador Sergio Moro (União Brasil-PR) e a deputada federal Rosângela Moro (União Brasil-SP) em R$ 35 mil para cada.

Roberta acusou o casal de oportunismo eleitoral pela transferência de seus domicílios eleitorais do Paraná para São Paulo, onde pretendiam se candidatar. Na ocasião, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) cancelou a alteração de Moro, mas deferiu a de Rosângela.

Em suas redes sociais, a empresária disse que Moro e Rosângela eram estelionatários, pilantras e canalhas.

– Não é sobre ser esquerda ou direita, não é sobre ser homem ou mulher… é sobre ser pilantra ou não ser. É sobre enganar o eleitor, é sobre fraude de domicílio, é sobre ser canalha.

O casal reivindicou uma indenização individual de R$ 100 mil.

A empresária foi candidata a deputada estadual pelo PT em 2018, mas perdeu. Logo depois, se filiou ao PSB.

FONTE:PLENO NEWS

Share:

Nikolas sobre Marina e Madonna: ‘Cristã agradecendo a satanista’ Deputado se dirigiu a ministra do Meio Ambiente e disse que ela é a "definição de mentira"

 

Nikolas Ferreira e Marina Silva Foto: Bruno Spada/Câmara dos Deputados; Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

O deputado federal Nikolas Ferreira (PL-MG) usou suas redes sociais, neste domingo (5), para criticar com veemência a ministra do Meio Ambiente e Mudança do Clima, Marina Silva, por se dar ao trabalho, em meio ao caos no Rio Grande do Sul, de responder à homenagem que recebeu da cantora Madonna, em seu show deste sábado (4), na Praia de Copacabana, Zona Sul do Rio de Janeiro.

A imagem da ambientalista apareceu no telão do espetáculo em um carrossel de grandes ídolos da esquerda no Brasil. Marina usou suas redes sociais para agradecer por ser lembrada no show controverso, erotizado, que recebeu incontáveis críticas.

– Aparece de quatro em quatro anos e quando consegue um cargo, envergonha a nossa nação como ministra do Meio Ambiente no momento mais dramático da história do RS. Colocou a culpa no Bolsonaro e politizou uma tragédia. Depois, no dia em que bebês estavam boiando mortos no RS, você tira seu tempo pra agradecer Madonna, colocando uma foto sua em telão? Uma cristã agradecendo uma satanista? Você é a definição de mentira – disparou Nikolas.

FONTE:PLENO NEWS

Share:

Deputada federal Amália Barros já respira espontaneamente Parlamentar tem quadro de saúde estável

 

Deputada Amália Barros Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

O mais recente boletim médico divulgado pelo Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, onde a deputada federal Amália Barros (PL-MT) está internada, apontou que a parlamentar apresentou melhora e já “respira espontaneamente”. A nota, que foi divulgada na noite deste domingo (5) nas redes sociais da congressista, diz ainda que Amália segue “estável e consciente”.

Nota sobre a saúde da deputada Amália Barros Foto: Reprodução/Redes Sociais

A parlamentar passou por uma cirurgia para a retirada de um nódulo no pâncreas na última quarta-feira (1°), mas foi necessário passar por uma nova cirurgia. A congressista precisou ser entubada em decorrência de uma hemorragia que sofreu ao fazer uma segunda cirurgia no final da tarde da última sexta (3).

Amália Barros tem sido acompanhada pelos médicos Ludhmila Hajjar, que é cardiologista e intensivista, e Antônio Luiz de Vasconcelos Macedo, cirurgião do aparelho digestivo, o mesmo que acompanha o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).

FONTE:PLENO NEWS

Share:

Com dores abdominais, Bolsonaro muda planos e se internará em SP Ex-presidente será avaliado pelo médico que o operou após a facada, doutor Macedo

 

Jair Bolsonaro Foto: Carolina Antunes/PR

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), que se encontra hospitalizado em Manaus para tratar uma infecção na pele, apresentou desconforto intestinal nas últimas horas e mudou seus planos de transferência para Brasília. O ex-chefe do Executivo decidiu que é mais prudente ir para São Paulo a fim de receber os cuidados do médico que trata as complicações da facada que sofreu em 2018.

– Devo ser transferido para São Paulo logo mais. Só o doutor Macedo trata disso – declarou ele à coluna de Igor Gadelha, do portal Metrópoles.

O ex-presidente deve ser levado, ainda na tarde desta segunda-feira (6), ao hospital Vila Nova Star por meio de uma aeronave com Unidade de Terapia Intensiva (UTI) aérea e dois médicos do setor.

Bolsonaro já se encontrava internado devido a um quadro de erisipela, doença infecciosa na pele causada por uma bactéria chamada estreptococos, que se se espalha pelos vasos linfáticos.

FONTE:PLENOO NEWS

Share:

Bolsonaro deve ser transferido para Brasília nesta segunda-feira Ex-presidente está internado em Manaus para tratar de um quadro de erisipela

Bolsonaro em hospital em Manaus Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP) afirmou, em sua conta no X, que o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) deve ser transferido nesta segunda-feira (6) para um hospital em Brasília e que já reage bem aos antibióticos.

– Meu pai passa bem, já reage bem aos antibióticos e hoje deve ser transferido para Brasília – disse o deputado, em referência à internação do ex-presidente por uma infecção de pele durante encontro com aliados no Amazonas.


Publicação de Eduardo Bolsonaro
FONTE ;PLENONEWS
Share:

Nikolas Ferreira elogia Hang por ajuda ao Rio Grande do Sul Deputado se manifestou por meio das redes sociais, nesta quinta-feira

 

Deputado Nikolas Ferreira Foto: Bruno Spada/Câmara dos Deputados

O deputado federal Nikolas Ferreira (PL-MG) usou as redes sociais, nesta quinta-feira (2), para elogiar a iniciativa do empresário Luciano Hang, que enviou dois helicópteros para ajudar a Defesa Civil do Rio Grande do Sul no trabalho feito em função das tempestades que levaram o estado a decretar situação de calamidade esta semana.

O parlamentar também destacou que o perfil de Hang no Instagram está bloqueado e, por isso, não foi possível marcar o dono da rede de lojas Havan.

– Iria marcar o Hang, mas seu Instagram está bloqueado desde as eleições. Mas deixo aqui registrado minha admiração. Parabéns, Luciano – escreveu Nikolas, nos stories do Instagram.

A iniciativa de Luciano foi divulgada, nesta quinta, por meio do perfil da Havan nas redes sociais. Segundo a publicação, a inauguração da loja em Santa Rosa (RS) foi adiada para o próximo sábado (4).

Hang irá ao Rio Grande do Sul para ver a situação e ajudar no que for necessário.

– Enviamos dois helicópteros na manhã desta quinta-feira, para auxiliar à Defesa Civil no que for preciso e também adiamos a inauguração da Havan Santa Rosa (RS) para o dia 4 de maio. Luciano Hang também se deslocará até o estado para ver in loco a situação e ajudar o povo gaúcho no que for necessário. Torcemos para que este momento passe o mais rápido possível, que prevaleça a força e grandeza do povo gaúcho. Estamos com vocês – diz o texto.


FONTE:PLENO NEWS

Share:

Coordenadora do MBL é agredida em ato de 1º de Maio em SP Amanda Vettorazzo também foi chamada de "fascista" por apoiadores de Lula

 

Homem discute com Amanda Vettorazzo e depois lhe dá um tapa Foto: Reprodução/YouTube Amanda Vettorazzo

A coordenadora nacional do Movimento Brasil Livre (MBL), Amanda Vettorazzo, foi agredida com um tapa nas proximidades do estádio Neo Química Arena, do Corinthians, local do ato de 1º de Maio na capital paulista.

A integrante do grupo MBL gravava entrevistas com perguntas sobre agressão contra mulheres direcionadas aos apoiadores de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) quando foi confrontada por um homem que estava em uma barraca. Em um vídeo, ele xinga Amanda duas vezes e a agride, na sequência, com um tapa na mão.

Amanda chamou a polícia e o caso foi parar no 24º Distrito Policial (DP), na Penha, Zona Leste de São Paulo.

– Estava gravando um vídeo e começou uma grande confusão. Veio um sujeito para cima de mim, nem estava entrevistando ele, apareceu do nada e tentou me intimidar. Disse que era dono de uma barraca, segundo ele, mas estava fora, em lugar público. Ele começou com agressão verbal e depois me deu um tapão (sic) na minha mão – disse ao Estadão.

Antes da agressão, em outro vídeo, Amanda foi chamada de “fascista” por apoiadores de Lula e teve o boné tirado por uma mulher. Em outro momento, uma apoiadora joga água nas costas da integrante do MBL.

– Em nenhum momento xingamos alguém, ou sequer partimos para cima de alguém. E como sempre, a esquerda cria mais um ato de agressão – publicou Amanda nas redes sociais.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Amanda Vettorazzo (@amanda.vettorazzo)

*AE

FONTE:PLENO NEWS

Share:

Lula chama Rodrigo Pacheco para reunião nesta quinta-feira Encontro tem por objetivo melhorar a relação entre o presidente do Senado e o governo

 

Presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao lado do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco Foto: Roque de Sá/Agência Senado

Após os recentes episódios envolvendo o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva convidou o parlamentar para um encontro. A ideia é que a conversa ajude a reduzir os atritos entre o governo e o senador. O encontro deve acontecer na noite desta quinta-feira (2).

Nos últimos dias, Pacheco disparou críticas contra o governo federal após decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que barrou a desoneração da folha de pagamentos. O presidente do Senado também chegou a responder declarações do ministro da Fazenda, Fernando Haddad.

A reunião ocorre uma semana antes de uma sessão do Congresso que irá analisar vetos de Lula. Entre eles estão o projeto que barra a saidinha de presos e questões do Orçamento.

O encontro será realizado no Palácio da Alvorada.

FONTE:PLENO NEWS

Share:

Lideranças do PT concordam que ato de 1º de Maio foi “fiasco” Cerca de 1,6 mil pessoas estiveram no evento realizado em São Paulo

 

Comemoração do 1º de Maio no Itaquerão Foto: Ricardo Stuckert / PR

Lideranças do Partido dos Trabalhadores classificam o ato do Dia do Trabalhador, celebrado nesta quarta-feira (1º), como um “fisco”. Segundo o colunista Igor Gadelha, do Metrópoles, a falta de público no evento reforça a necessidade do presidente Lula (PT) realizar mudanças junto aos movimentos sociais e na coordenação política de seu governo.

Realizado no estacionamento da Neo Química Arena, o Itaquerão, o evento político organizado por centrais sindicais e movimentos sociais não atraiu nem 2 mil pessoas.

Segundo cálculos do grupo de pesquisa Monitor do debate político, da Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH) da Universidade de São Paulo (USP), o ato político com a presença de Lula atraiu apenas 1.635 pessoas. Considerando a margem de erro de 12%, pode haver uma diferença de 196 pessoas para mais ou para menos.

LULA TAMBÉM RECLAMOU DA FALTA DE PÚBLICO
Durante discurso no evento em comemoração ao Dia do Trabalhador, Lula também reclamou da falta de público. O petista culpou Márcio Macedo, titular da Secretaria-Geral da Presidência, e tentou disfarçar o problema de falar para um público bem reduzido.

– Ele [Márcio Macedo] é responsável pelo movimento social brasileiro. Não pense que vai ficar assim. Vocês sabem que ontem [terça-feira (30)] eu conversei com ele sobre esse ato e eu disse para ele: “Oh, Márcio, o ato está mal convocado. O ato está mal convocado. Nós não fizemos o esforço necessário para levar a quantidade de gente que era preciso levar”. Mas, de qualquer forma, eu estou acostumado a falar com mil, com 1 milhão [de pessoas], mas também, se for necessário, eu falo apenas com a senhora maravilhosa que está aqui na minha frente pra conversar com a gente – disse o petista.

FONTE:PLENO NEWS

Share:

Postagem em Destaque

Maio Laranja: Michelle fala sobre combater o abuso sexual infantil "O abusador rouba da criança a alegria da vida e a esperança de um futuro melhor", frisou a ex-primeira-dama

  Michelle Bolsonaro fala sobre a campanha Maio Laranja  Foto: Reprodução/Instagram Michelle Bolsonaro A ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro...

Comente deixe sua opinião

Aplicativo da webradioesperanca

Blog Archive

SIGA-ME

SIGA-ME
SEJA UM SEGUIDOR

TWITTER

whatsapp

Postagens mais visitadas

Globo de visitas

Marcadores