Esperança News: Policia

ANUNCIE EM NOSSO SITE

ANUNCIE EM NOSSO SITE AQUI
Mostrando postagens com marcador Policia. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Policia. Mostrar todas as postagens

Tio Paulo: Defesa de sobrinha ingressa com pedido de liberdade Erika de Souza Vieira Nunes teve prisão preventiva decretada nesta quinta-feira

 

Erika de Souza Vieira Nunes Foto: Reprodução/Print de vídeo YouTube SBT News

A defesa de Erika de Souza Vieira Nunes, mulher que foi presa em flagrante após levar o tio morto para sacar R$ 17 mil em um banco na última terça-feira (16), ingressou com um pedido para que a prisão dela seja revogada. Na tarde desta quinta (18), Erika teve a prisão preventiva decretada pela juíza Rachel Assad da Cunha, da 2ª Vara Criminal de Bangu, no Rio de Janeiro.

No pedido de liberdade, a defesa aponta que Erika tem uma filha de 14 anos que precisa de cuidados especiais. Além disso, os advogados alegam que ela é uma “pessoa íntegra, idônea de bons antecedentes, não pretende se furtar à aplicação da lei penal, nem atrapalhar as investigações, já que possui residência fixa”.

No pedido, que ainda será analisado pelo Judiciário, os advogados dizem que “a prisão preventiva não é justa”, pois Erika “sempre se pautou na honestidade e no trabalho”. A defesa destaca que a manutenção da prisão da mulher é embasada “apenas em um clamor público de que Erika havia levado um cadáver até o banco para tentar aplicar um golpe do empréstimo, o que não é verdade”.

Detida em flagrante após a constatação da morte do tio, a mulher teve a prisão preventiva decretada nesta quinta pela juíza Rachel Assad da Cunha após audiência de custódia. A magistrada definiu a ação como “repugnante e macabra” e afirmou que a situação não se resume a definir o exato momento da morte, mas sim pela situação vexatória a qual o idoso estava sendo exposto.

– A questão é definir se o idoso, naquelas condições, mesmo que vivo estivesse, poderia expressar a sua vontade. Se já estava morto, por óbvio, não seria possível. Mas ainda que vivo estivesse, era notório que não tinha condições de expressar vontade alguma, estando em total estado de incapacidade – elencou a magistrada.

SOBRE O CASO
Erika de Souza Vieira Nunes é acusada de ter tentado simular uma assinatura em uma agência bancária usando o corpo do suposto tio para conseguir uma ordem de pagamento de R$ 17 mil, proveniente de um seguro a que ele tinha direito. Ela alega que, além de sobrinha, era cuidadora do idoso.

No entanto, a pele pálida e os claros indícios de que o homem estava no mínimo inconsciente chamaram a atenção dos funcionários. Apesar dos questionamentos das atendentes, Erika tentava sustentar a cabeça do cadáver com uma das mãos e conversava com ele, tentando persuadi-lo a assinar o empréstimo.

Assista às cenas. Atenção, imagens fortes!

Assustados, os funcionários acionaram a polícia e também o Samu, que constataram que o homem já estava morto há algumas horas. Erika foi presa em flagrante sob suspeita de tentativa de furto mediante fraude e vilipêndio de cadáver.

FONTE:PLENO NEWS

Share:

Ataque de pitbulls: 3 pessoas são presas no caso Roseana Murray Escritora precisou ter um dos braços amputados

 

Roseana Murray Foto: Reprodução/YouTube Roseana Murray Oficial

Três pessoas que cuidavam dos cães da raça pitbull que atacaram a escritora Roseana Murray, de 73 anos, nesta sexta-feira (5), em Saquarema, Região dos Lagos do Rio de Janeiro, foram presas em flagrante no mesmo dia da ocorrência, segundo informou a Polícia Civil do Rio de Janeiro, neste sábado (6).

De acordo com a 124ª DP (Saquarema), onde o caso foi registrado, três pessoas foram presas em flagrante por maus-tratos a animais.

– Uma delas também foi autuada por adulteração de sinal de veículo automotor – disse a polícia.

Ainda segundo as investigações, testemunhas estão sendo ouvidas e outras diligências estão em andamento para esclarecer todos os fatos.

Após perícia no local, os animais foram levados para um lar temporário.

TUTOR DOS ANIMAIS PRESTOU DEPOIMENTO
Ainda nesta sexta, após o ocorrido, o tutor dos animais foi encaminhado ao 124ª DP. Ele prestou depoimento no local e, de acordo com a Polícia Civil, os fatos seguem sendo apurados em investigação.

Desde 2005, de acordo com a lei estadual 4.597, é proibida a circulação de pitbulls em locais como ruas, praças, jardins e parques públicos do Rio sem que estejam acompanhados de um adulto e usando guias e focinheiras adequadas ao animal.

COMO ACONTECEU O ACIDENTE
A ocorrência foi no bairro Gravatá no início da manhã de sexta. A escritora, ferida na cabeça e nos braços, foi socorrida em estado grave pelo Corpo de Bombeiros por volta das 6h13 da manhã e encaminhada, de helicóptero, ao Hospital Estadual Alberto Torres, em São Gonçalo.

Por meio da Secretaria da Saúde de Estado de Saúde do Rio de Janeiro, a direção do hospital informou que a escritora foi prontamente atendida e “avaliada pela equipe médica multidisciplinar, incluindo neurocirurgião, cirurgião-geral, cirurgião bucomaxilo facial e ortopedista”.

A escritora passou por diversas cirurgias e precisou ter o braço direito amputado. O quadro de saúde permanece estável, de acordo com informações atualizadas pela secretaria.

Roseana é um dos nomes mais reconhecidos da literatura infantil brasileira e tem livros publicados pelas maiores editoras do país, como Suspiros de Luz (Escarlate, selo da Companhia das Letras) e Jardins (Grupo Editorial Global). Ela tem dois filhos e, desde 1997, é casada com o jornalista e escritor Juan Arias, de 91 anos.

*AE

FONTE:PLENOO NEWS

Share:

Morte de aluna de Medicina choca moradores do interior de SP Jovem de 18 anos morreu durante atendimento em hospital

 

Beatriz Vidal Scabello era estudante de Medicina Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal

A morte repentina da estudante de Medicina Beatriz Vidal Scabello, de 18 anos, chocou os moradores do município de Matão, no interior de São Paulo. A jovem passou mal e, na noite de quarta-feira (28), teve uma parada cardíaca durante atendimento em um hospital particular da cidade.

De acordo com o atestado de óbito, Beatriz sofreu um choque séptico, que é o resultado de uma infecção grave que se alastra pelo corpo rapidamente, afetando vários órgãos.Um dia antes de ser atendida na unidade de saúde, a estudante havia procurado um posto de pronto atendimento em Araraquara. As informações são da Secretaria de Saúde da Prefeitura de Matão, conforme o histórico de atendimento da universitária . Na ocasião, Beatriz relatou dores abdominais e na garganta. Após ser submetida a um teste de Covid-19, que deu negativo, ela foi liberada.

No dia seguinte, a jovem foi para Matão, onde vivia com a família, mas não estava livre das dores. Ela procurou outra Unidade de Pronto Atendimento (UPA), onde foram solicitados exames complementares. Ela seria transferida para o Hospital Carlos Fernando Malzoni, que é particular, mas sofreu uma parada cardíaca e morreu antes mesmo de chegar à unidade.

Um material do corpo foi recolhido enviada para o Instituto Adolfo Lutz para investigar se ela estava com dengue. O município de Matão registra 66 casos da doença e uma morte.

O corpo da estudante foi cremado nesta quinta (29). Além de familiares, a morte de Beatriz causou comoção entre amigos e colegas da Universidade de Araraquara (Uniara). As aulas desta quinta foram suspensas por luto.

A Atlética de Medicina da instituição também lamentou a morte e interrompeu as atividades da semana.

FONTE:PLENO NEWS

Share:

Cabrini investiga exploração sexual infantil na Ilha do Marajó Jornalista entrevistou vítimas e familiares

 

Roberto Cabrini Foto: Divulgação/Record TV

Roberto Cabrini apresenta uma reportagem especial sobre a exploração sexual de crianças e adolescentes na Ilha de Marajó (PA), no Domingo Espetacular que vai ao ar neste domingo (25). O jornalista viajou para o arquipélago para investigar as denúncias que ganharam destaque nesta semana nas redes sociais e na mídia, após da cantora gospel Aymeê participar de um reality show com uma música que expôs o problema.

O tema ganhou a atenção de artistas e influenciadores digitais famosos, que passaram a cobrar medidas das autoridades, com grande repercussão.

Ao fim da apresentação, uma declaração da cantora ampliou a indignação da opinião pública:

– Marajó é uma ilha a alguns minutos de Belém, minha terra. E lá tem muito tráfico de órgãos. Lá é normal isso. Tem pedofilia em nível hard (…) As famílias lá são muito carentes. As criancinhas, de 6 e 7 anos, saem numa canoa e se prostituem no barco por R$ 5 – disse.

Cabrini desembarca na Ilha de Marajó para buscar a verdade sobre o que, realmente, acontece na região e entrevistar as vítimas e seus familiares, além de desvendar como atuam os criminosos que utilizam meninos e meninas para a prostituição. Alguns estudos revelam que o Pará registra uma média de cinco casos de abuso e exploração sexual infanto-juvenil por dia.

De acordo com dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, o estado possui uma taxa de 3.648 casos, acima da média nacional de 2.449 em crimes dessa natureza. Autoridades e organizações não-governamentais que atuam na área, no entanto, afirmam que a população marajoara não normaliza a violência contra crianças e que também tem havido “disseminação de informações que não teriam sido comprovadas”, como as denúncias de tráfico de órgãos.

No entanto, o próprio Ministério Público do Pará admite que há problemas, em nota divulgada nesta semana.

– Apesar de ser fenômeno que atinge todos os municípios paraenses, a violência sexual acaba por ter uma maior projeção no Arquipélago do Marajó, uma vez que encontra um terreno fértil de outras violações de direitos, sobretudo considerando que a região abriga alguns dos piores IDHs do Brasil – afirma o documento.

Apresentado por Carolina Ferraz e Sergio Aguiar, o Domingo Espetacular vai ao ar às 20h.

FONTE:PLENI NEWS

Share:

Coordenadora do MBL tem casa invadida e documentos roubados Nenhum bem de valor foi tirado da residência

 


O líder do MBL, Renan Santos, estranhou a forma como os criminosos agiram, pois não tiveram interesse em bens, apenas nos documentos que encontraram.– Bandidos entraram na casa e foram direto para o quarto da Amanda, reviraram tudo e pegaram apenas documentos. Nada de valor foi levado. É tudo muito estranho – disse ele.

O deputado federal Kim Kataguiri (União Brasil-SP) também comentou a situação e disse que foi algo “absolutamente bizarro”.

– É absolutamente bizarro o que aconteceu com a Amanda Vettorazzo agora. Entraram na sua casa, sequestraram sua mãe e não roubaram nada de valor. Na verdade, reviraram o carro da Amanda e levaram os documentos que encontraram – escreveu o parlamentar no X, antigo Twitter.

E continuou:

– A escalada da violência contra os membros do MBL não é novidade, mas está se tornando cada vez mais nítida a tentativa de calar as vozes de quem quer mudar o país. Não vão nos parar.

AMANDA SE PRONUNCIA
Também pelo X, a vítima se pronunciou e revelou o que aconteceu em sua residência quando ela não estava em casa.

– Infelizmente, hoje minha casa foi invadida e minha mãe e tia amordaçadas. O mais importante é que neste momento minha mãe está bem. Os detalhes do caso estão com a polícia. Obrigado pelas mensagens de apoio e orações. Assim que possível volto pra informar vocês.

FONTE:https://www.aliadosbrasiloficial.com.br/

Share:

Homem é preso após invadir igreja armado e ameaçar fiéis Ele estava sob efeito de remédios por ter perdido a filha

 

Homem invade igreja armado Foto: Reprodução / Print de vídeo / Twitter

Membros de uma igreja evangélica de Icém, em São Paulo, viveram momentos de pânico quando um homem armado com uma pistola a gás e chumbinhos de pressão invadiu o culto e efetuou disparos.

Segundo informações do SBT News, a polícia disse que o homem estava sob efeito de remédios, pois perdeu a filha na virada do ano novo.

Na ocasião, uma pessoa ficou ferida na perna, mas passa bem. O homem foi contido, e a polícia foi acionada, prendendo-o logo depois.

Uma testemunha registrou em vídeo cenas que mostram o homem ameaçando os fiéis em cima do altar. Veja abaixo:

FONTE:PLENO NEWS

Share:

Agência Mynd nega relação com a Choquei e fala sobre caso Jéssica Empresa disse que "informações circuladas nos últimos dias na internet não são verdadeiras"

 

Jéssica Vitória Canedo Fotos: Reprodução

A agência Mynd se pronunciou nesta terça-feira (26) sobre o caso Jéssica Vitória, a jovem que foi vítima de uma notícia falsa publicada por páginas de fofoca como a Choquei e que acabou tirando a própria vida na última sexta (22). Em nota, a Mynd afirmou que o perfil não faz mais parte do casting da empresa e disse que a agência não participa do conteúdo editorial de nenhuma página.

– As informações circuladas nos últimos dias na internet não são verdadeiras. O perfil Choquei não faz parte do casting da Mynd. A Mynd, como agência de marketing de influência, cuida exclusivamente da intermediação de venda de publicidade em perfis nas redes sociais. A Mynd não participa em nenhum momento do conteúdo editorial de nenhum perfil. Todos os perfis são totalmente independentes e administrados por seus donos que definem todo e qualquer conteúdo. A Mynd não é dona de nenhum perfil de conteúdo de notícias ou relacionados – frisou a agência.

Na sequência, a empresa relatou ter criado há três anos um Comitê de Integridade, com o objetivo de “reforçar a cultura ética da empresa junto aos seus funcionários, colaboradores, parceiros e agenciados, além de leis brasileiras e normas do setor”.

– Atuamos contra qualquer divulgação de fake news e incitação ao ódio, assim como somos contra os linchamentos virtuais. Lamentamos profundamente o caso ocorrido com Jéssica Canedo e prestamos toda solidariedade à família – acrescentou.

A agência destacou ainda que “fortalece seu compromisso e atuação para que o setor de marketing de influência e notícias seja regulamentado o mais breve possível, com regras rígidas” contra “qualquer formato que não siga a liberdade de expressão, respeito e verdade”.

 Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Pleno.News (@plenonews)


BUSQUE AJUDA
No Brasil, o Centro de Valorização da Vida é uma das instituições que dão apoio emocional e trabalham para prevenir o suicídio. Para pedir ajuda, ligue para o número 188 ou acesse o site.

FONTE:PLENO NEWS

Share:

Mãe se revolta com esquerdistas que tentaram defender assassino de adolescente, em Florianópolis O adolescente foi morto a facadas ao defender uma colega de uma importunação por parte do morador de rua

 


 Em uma sessão tumultuada na Câmara de Vereadores de Florianópolis, Dona Sonaly, mãe de Talles Arneiro Neves, 17 anos, assassinado por um homem em situação de rua, criticou duramente declarações de vereadores que, segundo ela, defendiam o agressor.

O crime contra o filho dela ocorreu no Largo da Alfândega, no centro da cidade, onde Talles foi morto durante uma discussão com Jonas Alves de Souza, um homem recém-liberado da prisão e em situação de rua.

De acordo com a Polícia Militar, o crime aconteceu por volta das 19h30. Talles, que estava com colegas fazendo um trabalho escolar, teria tentado defender as meninas do grupo de assédio por parte de Jonas. O confronto resultou no adolescente sendo esfaqueado no peito. Após 40 minutos de tentativas de reanimação pelo SAMU, o jovem não resistiu aos ferimentos, vindo a óbito às 20h50.

O pai de Talles, um vigilante, expressou sua dor ao ser informado sobre o ocorrido enquanto trabalhava. A tragédia foi ampliada pela cena do filho já sem vida. Jonas foi capturado e preso na Avenida Hercílio Luz, centro de Florianópolis. Ele resistiu à prisão e foi encontrado com uma faca de cozinha, suspeita de ser a arma do crime.

A família e amigos de Talles realizaram uma homenagem póstuma, espalhando suas cinzas na beira-mar de Florianópolis, local onde o jovem buscava uma vida mais segura e de melhor qualidade. O luto é marcado pela determinação dos pais em buscar justiça para o crime, enquanto o debate político sobre o tratamento de indivíduos em situação de rua e a segurança pública continua a inflamar opiniões na cidade.


 

Share:

Homem é preso suspeito de agredir mãe e matar irmã Caso aconteceu no interior de São Paulo

 

Homem foi preso suspeito de agredir mãe e matar irmã Foto: Reprodução/Print de vídeo EPTV

Na madrugada desta sexta-feira (8), um homem de 37 anos foi preso em Monte Mor (SP). Ele é suspeito de matar a irmã e deixar a mãe ferida. As informações são do G1.

A irmã se chamava Beatriz Aparecida da Conceição. Ela tinha 52 anos de idade.

De acordo com a Polícia Civil, Beatriz foi espancada e tinha ferimentos a faca pelo corpo. Ela morreu no hospital.

Vizinhos denunciaram o caso, e a Guarda Municipal foi até a casa da família. No local, a irmã do suspeito foi encontrada caída, inconsciente e com o rosto desfigurado.

A mãe do homem é uma idosa de 72 anos, que também havia sido agredida. Ela e a filha foram levadas para um hospital municipal. A idosa foi atendida e voltou para casa. Ela não pôde prestar depoimento por estar sob efeito de medicamentos.

O suspeito do crime já tinha sido preso por violência doméstica, lesão corporal e ameaça. Parentes disseram à EPTV que ele saiu da prisão há cinco meses.

Ao ser abordado pela Guarda Municipal, o homem teria admitido a agressão, mas não informou os motivos. Na delegacia, ele teria ficado agressivo e chegou a quebrar cadeiras e uma algema.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP), o caso foi registrado na delegacia de Monte Mor como homicídio, lesão corporal, dano e violência doméstica.

FONTE:PLENO NEWS

Share:

Homens invadem transportadora e roubam R$ 24 mil Caso aconteceu no interior de São Paulo

 

Homens invadem transportadora e roubam R$ 24 mil Foto: Reprodução/EPTV Campinas

Nesta terça-feira (7), uma transportadora foi invadida por três homens, que agrediram funcionários e roubaram R$ 24 mil, um celular e dois carros, segundo a Guarda Municipal. O caso aconteceu em Vinhedo (SP). As informações são do G1.

Os funcionários também foram feitos reféns. Imagens de segurança registraram a ação dos criminosos.

Um homem foi jogado no chão e levou um chute. Duas mulheres foram agredidas e empurradas pelos bandidos.

Os dois veículos roubados foram abandonados perto do local.

Até o momento, ninguém foi preso. A Polícia Civil investigará o caso.

Share:

Polícia Civil pede prisão do marido da cantora Sara Mariano Pedido foi feito pela 25ª Delegacia de Polícia Civil do município baiano de Dias d'Ávila

  

Sara Mariano e o marido Ederlan Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal

Polícia Civil pediu à Justiça a prisão de Ederlan Santos Mariano, marido da cantora gospel e influenciadora digital Sara Mariano. Ederlan esteve nesta sexta-feira (27) no local onde um corpo carbonizado foi encontrado e afirmou que seria de Sara. O pedido de prisão contra o homem foi apresentado pela 25ª Delegacia de Polícia Civil do município baiano de Dias d’Ávila.

De acordo com informações do portal UOL, a solicitação contra Ederlan é pelo crime de homicídio qualificado. Na tarde de sexta, ele reconheceu um corpo carbonizado em uma estrada como sendo da companheira. O cadáver estava em uma estrada em Dias d’Ávila. Apesar do reconhecimento, o Departamento de Polícia Técnica ainda fará exames para confirmar a identidade.

Sara estava desaparecida desde a última terça (24), quando saiu para um evento em uma igreja evangélica e não retornar. A cantora chegou a registrar em suas redes sociais vídeos da ida para a agenda, inclusive passagens por pedágios. Um motorista buscou Sara em casa e teria levado para o local. A instituição religiosa, porém, ainda não foi identificada.

Na manhã de sexta-feira (27), antes da informação sobre a morte, Ederlan Mariano disse ter registrado um boletim de ocorrência por conta do desaparecimento. O marido de Sara disse, porém, não saber qual era o nome da igreja que a esposa tinha como destino. O casal estava junto havia 13 anos e tem uma filha de 11 anos.

Já Soraya, irmã de Sara que mora no Ceará, disse que a mãe conversou com a cantora na última segunda (23) e que ela tinha dito que teria algo “muito sério” para contar. A influenciadora não chegou a revelar qual seria o assunto. A fala de Soraya foi concedida à TV Bahia, afiliada da TV Globo. Soraya disse ter entrado em contato com Ederlan, que também teria afirmado não saber a qual igreja Sara iria.

– Tem muita coisa aí que está errada, que não bate – disse Soraya sem dar detalhes.

FONTE:PLENO NEWS

Share:

Abuso: Homem é preso suspeito de estuprar filha, neta e enteadas Caso aconteceu no Rio Grande do Sul

 

Abuso: homem é preso suspeito de estuprar filha, neta e enteadas (Imagem ilustrativa) Foto: Pixabay

Nesta quinta-feira (19), um homem de 50 anos foi preso preventivamente por suspeita de estupro de vulnerável. Ele foi detido em Xangri-Lá, Rio Grande do Sul. As informações são do G1.

A polícia disse que o suspeito teria estuprado uma filha, uma neta e duas enteadas pelo período de dois anos.

O delegado Roland Alexander Short comanda a investigação, que apontou que o homem já havia sido preso, em 2018, pelo mesmo crime. Na época, outra enteada teria sido abusada por ele.

Relatos indicam que as vítimas eram chantageadas e ameaçadas para que não denunciassem o homem.

No momento da prisão, o homem permaneceu em silêncio. Ele foi levado para a Penitenciária Modulada de Osório.

FONTE:PLENO NEWS

Share:

Grupo liderado por hacker de 14 anos invadia sistemas de Justiça Quadrilha foi detida no interior do estado de São Paulo

 

Quadrilha que invadia sistemas foi detida Foto: Pexels

A Polícia Civil deteve na cidade de Bady Bassitt, interior de São Paulo, uma quadrilha hacker de jovens que invadia ilegalmente plataformas e sites de instituições de segurança e de Justiça do país. O principal suspeito de liderar o grupo, que comercializa esses acessos por preços até R$ 1 mil, é um adolescente de 14 anos.

As investigações, reveladas pelo programa Fantástico, da TV Globo, neste domingo (24), apontam que a quadrilha tinha cerca de 20 milhões de logins e senhas das plataformas. O grupo conseguia não apenas acessar os sistemas da Polícia Civil de São Paulo, por exemplo, como também alterar informações, inserir informações falsas em registro de boletins de ocorrência e até limpar a ficha criminal de pessoas que já tinham passagem pela polícia.

Os acessos, feito por meio de logins e senhas de servidores, virou um ativo valioso na mão dos jovens. Segundo o delegado Adriano Pitoscia, de Bady Bassitt, eles comercializam as “chaves” por preços que variavam de R$ 200 à R$ 1.000.

Segundo a reportagem, a quadrilha possuía mais de 20 milhões de acessos. Desses, mais de 3,6 mil logins e senhas eram do Tribunal de Justiça de São Paulo; 1,5 mil da Polícia Militar; 500 da Polícia Federal; aproximadamente 150 do Exército; e 89 do Ministério Público do estado paulista.

Rastrear o grupo era difícil, de acordo com a reportagem do Fantástico. Como os arquivos estavam em servidores privados, o grupo conseguia criar “conexões fantasmas” para maquiar a origem de onde estavam fazer o acesso. Ou seja, não era possível saber de qual computador (logo, de qual endereço do suspeito) estava sendo praticada a invasão.

Mas em junho deste ano, a Polícia Civil de Bady Bassitt conseguiu chegar a um suspeito, de 17 anos, que operava o esquema da cidade. Por meio dele, os agentes chegaram a um jovem de 18 anos, morador da cidade de São Paulo, e que era conhecido pelo apelidado de Fusaao na internet.

Ele é suspeito de ter entrado no sistema da Polícia Civil e fazer alterações no sistema para sumir a sua ficha criminal. Segundo o delegado Pitoscia, ele invadiu e conseguiu se declarar como morto para impedir que seu nome aparecesse em uma futura pesquisa.

A partir disso, as investigações chegaram a um adolescente de 14 anos, do Paraná, que confessou aos policiais ser o criador do programa de computador pelo qual o grupo conseguia acessar os sites privados e públicos. Ele é suspeito de ser o líder da quadrilha, que teria se conhecido na plataforma Discord.

– Esse adolescente (de 14 anos) afirmou que acessou por curiosidade. Os outros investigados acessavam ou compartilhavam logins e senhas para fins financeiros, pelo preço de R$ 200 até R$ 1.000 – explicou o delegado Adriano Pitoscia ao Fantástico.

Além dos integrantes de São Paulo e de Paraná, outros dois membros do grupo, de Mato Grosso e de Santa Catarina, também foram detidos. Os cinco foram liberados, mas o adolescente de 17 anos, de Bady Bassitt, voltou a ser apreendido e está na Fundação Casa.

Procurada, a plataforma Discord disse ao Fantástico que adota uma abordagem de tolerância zero com atividades ilegais e que remove o conteúdo, proíbe usuários e colabora com as autoridades, quando identificam atividades deste tipo.

*AE

FONTE:PLENO NEWS

Share:

Vídeo: Homem rouba moto de PM e é atropelado em seguida Episódio ocorreu na Zona Oeste da capital paulista

 

Homem roubou moto da PM Foto: Reprodução/Vídeo das Redes sociais

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra a audácia de um homem em roubar a moto de um policial militar. A ousadia, no entanto, durou apenas alguns segundos, pois o cidadão foi atropelado logo em seguida. O episódio ocorreu , na região do Morumbi, Zona Oeste de São Paulo capital.

Nas imagens registradas por um celular, é possível ver o suspeito colidindo a motocicleta contra a lateral de um carro que passava pela Avenida Morumbi. Em seguida, ele é imobilizado pelo policial e detido.

A assessoria de imprensa da Polícia Militar detalhou o ocorrido. Agentes realizavam uma operação pela região de Pinheiros e Jardins. Durante o patrulhamento pela avenida Juscelino Kubitschek, uma moto chamou a atenção pelas manobras bruscas entre os carros.

Em uma tentativa de abordagem dos PMs, o piloto fugiu. Quando chegou à Avenida Morumbi, após percorrer cerca de quatro quilômetros, o homem bateu em um carro parado. Ele abandonou a motocicleta e continuou a fuga a pé, até que encontrou a moto de um policial em um posto de gasolina. Ele foi preso em flagrante e encaminhado ao 34° Distrito Policial da Vila Sônia.

Confira:

Share:

Mulher é morta pelo próprio pitbull ao apartar briga de cães Iranilda Rocha tentou impedir que o pitbull atacasse seu outro cachorro, um border collie

 

Iranilda Alves Rocha Foto: Reprodução / Redes Sociais

Uma mulher de 58 anos morreu, nesta terça-feira (11), atacada pelo seu próprio cão, da raça pitbull, ao tentar apartar a briga do animal com outro de seus cachorros, um border collie. Segundo a Polícia Civil, a vítima se chamava Iranilda Alves Rocha e morava em Jaupaci, no estado de Goiás.

A tragédia ocorreu na manhã desta terça-feira. Na ocasião, vizinhos chegaram a ouvir a mulher pedindo socorro e acionaram a polícia.

O primeiro a prestar socorro foi um militar aposentado, que conta ter precisado matar o pitbull a fim de tentar salvar a vítima. De acordo com o homem, que não quis ser identificado, tanto o border collie quanto a mulher estavam feridos quando ele chegou.

– Tivemos que atirar contra o cachorro pra entrar, ao entrar no fundo da casa, constatamos a mulher caída no fundo do quintal, toda mordida, com rosto desfigurado e uma mão praticamente comida – descreveu.

Segundo o militar, o pitbull já tinha mostrado sinais de agressividade anteriormente, inclusive avançando em pessoas nas ruas.

O corpo da mulher foi levado ao Instituto Médico Legal (IML), e a Polícia Científica realizou perícia na residência.

FONTE:PLENO NEWS

Share:

Policial civil é agredida e baleada na cabeça na Zona Sul de SP Agente foi atacada por três criminosos

 

Policial foi agredida e baleada Foto: Reprodução/Câmeras de Segurança

Uma policial civil sofreu um assalto na noite desta segunda-feira (3) e foi baleada na cabeça, em Socorro, na Zona Sul da capital paulista. Imagens foram registradas por câmeras de segurança.

A gravação mostra dois criminosos abordando a policial, que estava acompanhada de um amigo, entrando em um carro. Violentamente, a dupla a arranca do banco do motorista e começa a agredi-la. Um terceiro homem aparece correndo.

A mulher entra em luta corporal com os bandidos, até que é derrubada no chão, levando vários socos no rosto. Um dos criminosos consegue pegar a arma da policial e atira na cabeça dela.

Dois dos criminosos correram, e o terceiro bandido saiu do local com o carro, a bolsa e a arma da policial. O amigo dela conseguiu fugir.

A vítima, que tem 51 anos, foi levada ao pronto-socorro do Campo Limpo, na Zona Sul. Ela permanece internada e seu estado é considerado estável.

De acordo com informações da polícia, o veículo da agente foi abandonado a menos de três quilômetros do local do assalto, na Avenida Engenheiro José Salles. O caso foi registrado no 11º Distrito Policial de Santo Amaro e é investigado pelo 102º DP, de Socorro.

Share:

Postagem em Destaque

Maio Laranja: Michelle fala sobre combater o abuso sexual infantil "O abusador rouba da criança a alegria da vida e a esperança de um futuro melhor", frisou a ex-primeira-dama

  Michelle Bolsonaro fala sobre a campanha Maio Laranja  Foto: Reprodução/Instagram Michelle Bolsonaro A ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro...

Comente deixe sua opinião

Aplicativo da webradioesperanca

Blog Archive

SIGA-ME

SIGA-ME
SEJA UM SEGUIDOR

TWITTER

whatsapp

Postagens mais visitadas

Globo de visitas

Marcadores