Estadão afirma que Moraes é a “Rainha de Copas” do Supremo Jornal afirmou que "é preciso muito esforço interpretativo para compreender" decisão do ministro de investigar Elon Musk ~ Esperança News

ANUNCIE EM NOSSO SITE

ANUNCIE EM NOSSO SITE AQUI

Estadão afirma que Moraes é a “Rainha de Copas” do Supremo Jornal afirmou que "é preciso muito esforço interpretativo para compreender" decisão do ministro de investigar Elon Musk

 

Alexandre de Moraes faz gesto de degola durante sessão do TSE em 2022 Foto: Reprodução/YouTube TSE

Em um editorial publicado nesta terça-feira (9), o jornal O Estado de São Paulo comentou o embate envolvendo o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), e o empresário Elon Musk, dono da rede social X. No artigo, o veículo chamou o magistrado de “Rainha de Copas”, a famosa personagem tirana do livro Alice no País das Maravilhas, de Lewis Carroll, que ordenava que fosse cortada a cabeça de quem a contrariava.

De acordo com o Estadão, o fato de Moraes ter ordenado a inclusão de Musk em inquéritos na Suprema Corte do Brasil “só reafirma o caráter arbitrário” das apurações. Além disso, o veículo reforçou que o problema não está apenas na postura do ministro, mas também na “obsequiosa cumplicidade de seus pares diante de suas decisões cada vez mais extravagantes”.

– Ameaçar descumprir ordem judicial, convenhamos, não é crime, razão pela qual não se justifica a abertura de um inquérito nem no Brasil nem em nenhum outro país civilizado. Se e quando Musk vier a descumprir uma decisão exarada por qualquer magistrado do país, que sobre ele recaiam as consequências de sua insubordinação, mas não antes – destacou o jornal.

O veículo criticou também as justificativas adotadas por Moraes para a decisão de investigar Musk e afirmou que “é preciso muito esforço interpretativo para compreender” onde estaria o que o ministro chamou de “dolosa instrumentalização criminosa” da rede social X.

– O empresário teceu críticas a decisões que Moraes, de fato, tem tomado – e não de hoje – ao arrepio das garantias individuais e direitos fundamentais assegurados pela Constituição que ele tem por dever defender – ressaltou.

O Estadão encerrou dizendo que “quanto mais o Supremo comete exageros, mais suas decisões terão a legitimidade questionada pelos cidadãos”, o que, para o jornal “é meio caminho andado para a desmoralização do Judiciário”.

– Como bem disse recentemente o presidente do STF, Luís Roberto Barroso, a Corte precisa ser “menos proeminente”. Seria ótimo se isso ocorresse. Mas é difícil imaginar um Supremo menos “proeminente” enquanto seus ministros procurarem holofotes, anteciparem votos em entrevistas, participarem de colóquios políticos ou usarem a força de sua caneta para intimidar quem ousa criticá-los – completou.

FONTE:PLENO NEWS

Share:

Nenhum comentário:

Postagem em Destaque

Batimentos de jovem em UTI iam a 190 quando pai a tocava Homem foi preso no mês passado e vai responder pelo crime de estupro

  Homem foi preso sob suspeita de ter abusado da filha  Foto: Reprodução/TV Globo A frequência cardíaca da jovem que teria sido abusada pelo...

Comente deixe sua opinião

Aplicativo da webradioesperanca

Blog Archive

SIGA-ME

SIGA-ME
SEJA UM SEGUIDOR

TWITTER

whatsapp

Postagens mais visitadas

Globo de visitas