Esperança News: Notícias
Mostrando postagens com marcador Notícias. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Notícias. Mostrar todas as postagens

Homem pisa em peixe venenoso, tem convulsão e parada cardíaca

  

Peixe-leão Foto: Pixabay

Um pescador de 24 anos sofreu convulsões e teve duas paradas cardíacas após pisar em um peixe-leão na Praia de Bitupitá, no Ceará. O animal, que é agressivo e altamente venenoso, injeta toxina neuromuscular por meio de suas nadadeiras dorsais.

O homem identificado como Francisco Mauro da Costa Albuquerque ficou hospitalizado durante seis dias em razão do acidente. De acordo relato de sua esposa, Ana Vitória Alves Laurindo, feito ao portal G1, o quadro de saúde do pescador evoluiu e ele já recebeu alta médica. O pescador ainda segue, porém, com dores no peito e no local da picada.

Conforme o professor Marcelo Soares, da Universidade Federal do Ceará (UFC), esse é o primeiro caso de acidente com peixe-leão em ambiente raso no Brasil. O instituto de pesquisa do qual Soares faz parte, o Labomar, recebeu oito notificações de peixes-leão encontrados em água rasa, entre Bitupitá e Itarema.

– Havia sido registrado alguns acidentes, mas em aquários, por pessoas que trabalham em aquários. Isso mostra que o animal está invadindo o ambiente – alertou.

A invasão dessa espécie é considerada prejudicial, pois afeta a pesca, o turismo e a economia. O peixe-leão não possui predadores naturais e se reproduz com rapidez.

Caso uma pessoa encontre um peixe dessa espécie, deve-se acionar o Ibama por meio do sistema de informação de manejo de fauna.

FONTE:PLENO NEWS

Share:

Salles elogia Musk e expressa desejo por liberdade Segundo ex-ministro "outras plataformas que se tornaram local de censura e perseguição ideológica"

 

Ex-ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles Foto: Agência Brasil/Fábio Rodrigues

O ex-ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, parabenizou o bilionário Elon Musk pela compra do Twitter. Ele se manifestou por meio das redes sociais, na noite desta segunda-feira (25).

Salles expressou seu desejo de ver a plataforma se tornar “o templo da liberdade de expressão”.

– Parabéns, Elon Musk! Que o Twitter passe a ser o templo da liberdade de expressão, diferentemente de algumas outras plataformas que se tornaram local de censura e perseguição ideológica – escreveu.

FONTE:PLENO NEWS

Share:

Cartórios do RS passam a aceitar “não binário” nos registros civis Autorização abrangerá pessoas com 18 anos ou mais

 

Cartórios do RS passam a aceitar “não binário” nos registros civis Foto: Pixabay

O termo “não binário” — expressão para pessoas que não se identificam como homens e nem como mulheres — será incluído nos cartórios dos registros de nascimentos do Rio Grande do Sul. De acordo com a Corregedoria-Geral (CGJ) do Estado, a autorização abrangerá pessoas com 18 anos ou mais.

Assinado na última sexta-feira (22), pelo corregedor-geral da Justiça, o desembargador Giovanni Conti, a inclusão do termo deverá ser feita pela própria pessoa em um cartório. Dessa forma, cairá a necessidade da busca pela alteração através de processo judicial.

Para Conti, a mudança acompanha uma evolução das relações humanas, respeitando a vontade dos cidadãos, reconhecendo a pluralidade identitária da sociedade brasileira.

A medida atende ao pedido efetuado pela defensora pública Aline Palermo Guimarães, dirigente do Núcleo de Defesa dos Direitos Humanos (NUDDH) da Defensoria Pública do Estado (DPE/RS).

– Buscamos sempre garantir que as pessoas sejam reconhecidas e respeitadas pelo que efetivamente são (…) O novo provimento, acolhendo o pedido formulado pelo NUDDH , garante que pessoas não-binárias possam, agora, retificar sua documentação civil, sem necessidade de uma ação judicial, tornando o procedimento muito mais célere. É um avanço extremamente importante no reconhecimento de diferentes identidades de gênero e que certamente impactará na vida de muitas pessoas – afirmou.

Em 2018, o Supremo Tribunal Federal (STF) reconheceu, por unanimidade, que pessoas trans podem alterar o nome e o sexo no registro civil sem que se submetam a cirurgia. O princípio do respeito à dignidade humana foi o mais reforçado pelos ministros para decidir pela autorização.

A medida vale inclusive sem decisão judicial.

Contudo, a norma não deixa expressamente clara a hipótese de registro de pessoas cuja identidade quem se reconhece é não binária, obrigando os não binários a buscarem o reconhecimento na esfera judicial.

*AE

FONTE:PLENO NEWS

Share:

General Chagas acusa Barroso de crime militar contra às Forças Armadas De acordo com o general da reserva, é cabível uma representação criminal para a PGR

 

Ministro Luís Roberto Barroso, do STF Foto: STF/Carlos Moura

O general da reserva Paulo Chagas foi às redes sociais, na manhã desta segunda-feira (25), acusar o ministro Roberto Barroso, ex-presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), de crime militar de ofensa às Forças Armadas. A acusação é uma reação à fala de Barroso de que as Forças Armadas estão sendo usadas para desacreditar o sistema eleitoral no Brasil.

Usando o artigo 219 do Código Penal Militar, que diz que “propalar fatos, que sabe inverídicos, capazes de ofender a dignidade ou abalar o crédito das forças armadas ou a confiança que estas merecem do público” são cabíveis de pena de um mês a seis anos de detenção, o general diz que as falas de Barroso podem lhe render uma representação na Procuradoria Geral de República (PGR).

– É cabível uma representação criminal para a PGR contra Barroso. Com a palavra o Ministério Público Militar! – declara o militar em sua publicação.

Em evento na Alemanha neste domingo (24), Barroso afirmou que há movimento político com intenção de usar as Forças Armadas para atacar o processo eleitoral no país. Falando a um grupo de estudantes brasileiros, por videoconferência, o ministro defendeu a integridade das urnas eletrônicas e condenou tentativas de politização dos militares.

– É preciso ter atenção a esse retrocesso cucaracha de voltar à tradição latino-americana de colocar o Exército envolvido com política. É uma péssima mistura para a democracia e uma péssima mistura para as Forças Armadas – disse o ministro.

A fala aconteceu durante o “Brazil Summit Europe”, um evento virtual promovido pela universidade alemã Hertie School, de Berlim.

*AE

FONTE:PLENO NEWS

Share:

Médico morre enquanto viajava para lua de mel nas Maldivas Glauto Tuquarre sentiu dores no peito durante um voo para Doha e chegou a ser atendido, mas não resistiu

 

Oncologista Glauto Tuquarre ao lado da esposa Lícia Tuquarre Foto: Arquivo Pessoal

O oncologista Glauto Tuquarre, de 49 anos, morreu na madrugada desta segunda-feira (25) durante um voo internacional que seguia para a cidade de Doha, no Catar. Glauco estava em viagem com a esposa, a publicitária Lícia Tuquarre, de 36 anos, para a lua de mel do casal nas Ilhas Maldivas. A suspeita dos familiares é de que ele tenha sofrido um infarto.

Glauto e Lícia se casaram no sábado (23), em Teresina, capital do Piauí. No domingo (24), os dois embarcaram em São Paulo em um avião que seguiria até Doha, uma conexão que estava prevista na viagem que teria como destino final as Ilhas Maldivas. Dentro do avião, Glauto começou a sentir dores no peito. Ele recebeu assistência de médicos que estavam a bordo, mas não resistiu.

O avião pousou em Doha por volta das 10h20 desta segunda, pelo horário de Brasília. Familiares e amigos piauienses do oncologista se mobilizam para ajudar a esposa a trazer o corpo do médico de volta para o Brasil. Entretanto, ainda não há detalhes de quando essa transferência deve acontecer.

Amazonense, Glauto Tuquarre era especializado em oncologia, tinha mestrado em câncer de intestino, e era doutorando em recidiva do câncer de mama (retorno da doença após o paciente ser considerado curado). Considerado um médico experiente, ele atuou em Roraima e no Maranhão, onde também foi professor universitário.

PLENO NEWS

Share:

Novo acidente: Idosa é prensada por carro alegórico na Sapucaí Alba Regina precisou ter perna imobilizada, mas passa bem e já recebeu alta hospitalar

 Novo acidente: Idosa é prensada por carro alegórico na Sapucaí

Alba Regina é ex-chacrete e dançarina da escola de samba Paraíso da Tuiuti Foto: Reprodução / Redes sociais

O carnaval na Sapucaí (RJ) registrou um novo acidente envolvendo um carro alegórico. Dessa vez, a vítima foi a ex-chacrete Alba Regina Gomes, de 72 anos, que foi imprensada por uma alegoria da própria agremiação, Paraíso da Tuiuti, na noite deste sábado (23). A dançarina precisou ter a perna esquerda imbolizada, mas já recebeu alta hospitalar e passa bem.

Alba, que desfilava pela escola de samba, se sentiu mal no decorrer da apresentação, e precisou se sentar em uma cadeira de rodas para se recuperar. Neste momento, um carro alegórico da agremiação passou pelo local, que era estreito, e acabou ferindo a idosa.

Atrasada, a escola estava acelerando o espetáculo na avenida para evitar perder pontos devido à extrapolação do tempo. A apresentação excedeu o prazo em dois minutos.

Alba foi levada ao Hospital Souza Aguiar e teve a perna esquerda imobilizada do tornozelo até a coxa. Em entrevista ao jornal Extra, ela contou que desmaiou no acidente.

– Tive um desmaio e não lembro o que aconteceu, mas estou bem. Sou uma dançarina, não posso ficar parada. Vou voltar nas campeãs – garantiu.

Os médicos descartaram uma fratura e deram alta hospitalar à paciente. Uma nova consulta ocorrerá nesta segunda-feira (25) para verificar a possibilidade de retirar a imobilização.

O acidente de Alba ocorreu dias depois de um carro alegórico do carro abre-alas da escola Em Cima da Hora imprensar uma menina de 11 anos, próximo à Sapucaí. Raquel Antunes teve uma das pernas amputadas, sofreu traumatismo no tórax e parada cardíaca. Após apresentar hemorragia interna, ela não resistiu e foi à óbito. A criança foi sepultada na tarde deste sábado (23).

FONTE:PLENO NEWS

Share:

Mantega elogia presidente do BC do governo de Jair Bolsonaro Para o ex-ministro da Economia, o BC de Campos Neto está com desempenho melhor do que no governo Lula durante o comando de Henrique Meirelles

 

Ex-ministro Guido Mantega Foto: Antonio Araújo/Câmara dos Deputados

Em almoço com empresários, o ex-ministro da Fazenda Guido Mantega elogiou o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, minimizou declarações em que o ex-presidente Lula acena à sua base eleitoral e garantiu que o petista fará, se eleito, um governo de centro, segundo o relato de participantes. O encontro de Mantega com o empresariado foi organizado pelo grupo Esfera Brasil.

No evento, Mantega afirmou que o BC de Campos Neto está com desempenho melhor do que o do governo Lula durante o comando de Henrique Meirelles. Ele criticou o fato de Meirelles, então presidente do BC, ter subido a taxa de juros durante a crise financeira de 2008.

Segundo um dos presentes, o ex-ministro teria afirmado que, apesar de ter permitido uma queda muito mais forte do que a necessária, Campos Neto agiu mais rápido do que Meirelles, durante a crise de 2008 nos Estados Unidos.

Programa econômico
Após o almoço e diante de um grupo reduzido, Mantega ouviu de empresários o pedido para que Lula sinalize, logo, quem será o homem forte da economia em um futuro governo do petista. Os empresários se queixaram da proliferação de nomes apontados pela imprensa como responsáveis pelo programa econômico do ex-presidente, entre eles o de Mantega, o de Aloizio Mercadante, o do economista Gabriel Galípolo e outros.

“Lula precisa sinalizar quem é”, disseram os empresários a Mantega.

O ex-ministro tomou o cuidado de responder que não fala por Lula e nem pelo PT e respondeu que provavelmente só na época das convenções partidárias, em julho, fique mais claro quem será um porta-voz para a economia.

Em entrevista à Bloomberg no início deste ano, Mantega afirmou que não integraria o primeiro escalão de um futuro novo governo Lula. Essa, no entanto, não foi a sensação deixada pelo ex-ministro a empresários que participaram da conversa desta segunda-feira. Eles avaliam que o nome de Mantega não está descartado.

O almoço aconteceu na casa de João Carlos Camargo, presidente do Esfera Brasil. O empresário já havia aberto a casa para receber a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, há duas semanas. Na ocasião, Gleisi chegou a dizer que Campos Neto ficaria até o final do seu mandato em um eventual governo Lula.

Mantega afirmou que o PT não é socialista e que um eventual governo Lula a partir de 2023 será bem similar ao que foi feito em 2003. Segundo um dos presentes, a fala de Mantega ocorreu após o questionamento de Flávio Rocha, presidente do conselho de administração do Grupo Guararapes, dono da Riachuelo, de que o Brasil estaria entre o “capitalismo de Bolsonaro e o socialismo do Lula”.

Mantega, então, afirmou que os antigos governos do PT fizeram diversas concessões. O que não estaria em jogo, no entanto, seriam as privatizações das empresas estatais que eles consideram essenciais.

O ex-ministro teria dado o exemplo de uma venda da Eletrobras, que poderia criar um oligopólio e pressionar os preços da energia elétrica para cima. Sem o controle da Eletrobras, segundo ele, o governo deixaria de ter qualquer possibilidade de interferir nos preços.

Reaproximação
Empresários que participaram do encontro disseram que Mantega foi didático e bem recebido pelo grupo. Cerca de 30 pessoas participaram do almoço, que incluiu nomes próximos ao governo Bolsonaro, como os empresários Flávio Rocha, da Riachuelo, e Eugênio Mattar, da Localiza, além do executivo Ivan Monteiro, do Credit Suisse, e Mauricio Russomano, da Unipar.

O Esfera Brasil organiza reuniões com economistas indicados pelas quatro campanhas presidenciais melhor pontuadas nas pesquisas de intenção de voto. O grupo pede aos partidos e candidatos que indiquem colaboradores do plano econômico para conversar com os empresários. Pelo PT, o nome sugerido foi o de Mantega, que faz parte do grupo que assessora a campanha de Lula

Dentro do partido, há quem defenda que é preciso reaproximar Mantega do empresariado para “matar fantasmas”.

O nome do ex-ministro desperta resistências entre o mercado financeiro e empresários, em razão do seu período na condução do Ministério da Fazenda durante o governo Dilma. Nos bastidores, integrantes do PT afirmam que colocar Mantega frente a frente com empresários é uma forma de abrir diálogo e, também, de retirar de cima de Lula as cobranças pelos maus resultados da economia durante o mandato de Dilma.

Mantega disse a empresários que um governo Lula em 2023 não trará surpresas na economia e repetiu algumas vezes que o ex-presidente é um político “de centro”. O ex-ministro disse que ainda que o petista faça acenos a uma base de esquerda em eventos políticos, como encontros com sindicalistas, ele fez um governo de centro-esquerda quando esteve no Planalto e seguirá mirando o centro em um futuro mandato.

A possível revogação da reforma trabalhista, discutida pelo PT, também foi assunto com os empresários. Mantega criticou a reforma aprovada durante o governo Michel Temer (MDB) e disse que a medida não atingiu o objetivo de geração de empregos.

Ele contemporizou o comentário, segundo presentes, com a afirmação de concorda, no entanto, que a CLT precisa ser modernizada.

Mantega também criticou o teto de gastos e disse que investimento não é despesa. Ele defendeu que haja uma reforma tributária com participação de todos os atores envolvidos na discussão – e que isso seja debatido no primeiro ano de um novo governo do PT.

O grupo de empresários também deve se reunir com Nelson Marconi, economista próximo a Ciro Gomes. A campanha do presidente Jair Bolsonaro estuda indicar o Secretário especial do Tesouro, Esteves Colnago, para a conversa com o empresariado, que ainda aguarda definições sobre a candidatura única do MDB, União Brasil, Cidadania e PSDB para agendar a quarta rodada de conversa com economistas das campanhas.

*AE.

pleno news

Share:

Luciano Hang visita funcionária agredida por ex-candidata do PT Empresário gravou live ao lado de colaboradora

 

Luciano Hang visita funcionária que foi agredida Foto: Reprodução/ Instagram Luciano Hang

Nesta segunda-feira (18), o empresário Luciano Hang fez uma live ao lado de uma funcionária da rede de lojas Havan, que sofreu agressão porque estava com a camiseta da empresa. Stefany Morais foi atacada na última sexta-feira (15) pela ex-candidata a vereadora do Partido dos Trabalhadores (PT), Adriana Menezes.

Hang levou flores e elogiou a colaboradora.

– Fiz questão de sair de Santa Catarina e vir para cá. (…) Fiz questão de sair de Santa Catarina porque nós não podemos deixar que pessoas maldosas utilizem do seu poder. (…) Nós temos 22 mil colaboradores e você é muito jovem e está há 10 meses conosco. Você tem que ter orgulho porque trabalha; estava trabalhando na sexta-feira e ela [Adriana Menezes] não estava trabalhando, mas se utiliza de Bolsa Família, Auxílio Emergencial. Ela pega dinheiro do governo, mas você trabalha. Eu também estava trabalhando na sexta-feira, estive na nossa matriz – disse o empresário.

Stefany agradeceu o apoio. Ela disse que ama trabalhar na loja da Havan de Jundiaí (SP) e revelou que já conseguiu comprar um imóvel.

A funcionária falou sobre o primeiro ataque que sofreu.

– O primeiro ataque foi em 23 de março. Ela não me agrediu, só verbalmente. Começou no ponto. Ela viu minha camiseta – explicou.

Ela revelou que outros colegas de trabalho já sofreram agressões.

– Não foi só comigo. Acontece isso com vários colaboradores, que já foram xingados.

Luciano Hang pediu que os demais empregados filmem e enviem as imagens para ele. Ele apontou a intolerância dos simpatizantes de partidos de esquerda.

– Essa é a verdadeira esquerda, que prega uma coisa e faz outra. (…) Trabalhar, malandragem, vale a pena – falou o empresário.

ENTENDA O CASO
Na última sexta-feira (15), Stefany Morais foi vítima de agressão física e verbal, em Jundiaí. Ela estava no transporte público, indo para o trabalho, quando Adriana Menezes, a agrediu. Segundo a assessoria da empresa, a funcionária foi atacada por estar vestindo o uniforme da Havan, com as cores verde e amarelo.

É a segunda vez que Adriana, que concorreu ao cargo de vereadora pelo PT nas últimas eleições municipais, agride a mesma colaboradora da Havan. Ambos os crimes são comprovados em vídeos. Um Boletim de Ocorrência foi registrado sobre o fato.

A Havan afirmou que está prestando todo apoio para a colaboradora e ressalta que entrará com todas as medidas judiciais cabíveis para que o ato de intolerância e desrespeito não passe impunemente.

– A família Havan está ao lado da Stefany. Ela está há 10 meses na empresa, entrou como operadora de caixa e já foi promovida a vendedora. É inadmissível que alguém use de violência contra uma pessoa que está indo trabalhar e em busca do seu pão de cada dia. Prezamos diariamente pelo cuidado e integridade de cada um dos mais de 22 mil colaboradores. Condenamos todo tipo de crime e não vamos tolerar agressões desta natureza, que configuram atos de intolerância política, o que é muito grave – ressaltou o dono da Havan, Luciano Hang.

  

Fonte:pleno news

Share:

Procuradora do Maranhão esfaqueia boneco de Bolsonaro Deputado Eduardo Bolsonaro disse que irá acionar o Conselho do MP após a "malhação de Judas"

 

Presidente Jair Bolsonaro Foto: Agência Brasil/Antonio Cruz

Nesta segunda-feira (18), o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP) mostrou indignação com uma procuradora do Maranhão que teria esfaqueado uma imagem do presidente Jair Bolsonaro. Em sua conta do Twitter, o parlamentar publicou um vídeo do momento e disse que irá acionar o Ministério Público (MP) e o Conselho do Ministério Público contra a procuradora.

O vídeo em questão traz a mulher esfaqueando um boneco de Judas, um costume conhecido como “malhação de Judas”. Em outro momento, a procuradora aparece falando que o boneco é Jair Bolsonaro.

– Eu digo que Judas é Bolsonaro. A gente vai malhar ele com gosto, depois dele deixar o Brasil desse jeito. E vai votar certo da próxima vez – disse a procuradora.

Ao criticar o vídeo, Eduardo disse não acreditar que ela seja procuradora.

Fonte:pleno news

Share:

Funcionária da Havan é atacada por usar uniforme da empresa Luciano Hang fará uma live sobre o ocorrido

 

Colaboradora da Havan é vítima de agressão por usar o uniforme da empresa Foto: Reprodução/Print de vídeo YouTube Balanço Geral Florianópolis

Na última sexta-feira (15), uma colaboradora da Havan foi vítima de agressão física e verbal. O caso ocorreu em Jundiaí, São Paulo.

Stefany Morais estava no transporte público, indo para o trabalho, quando a ex-candidata a vereadora do Partido dos Trabalhadores (PT), Adriana Menezes, a agrediu. Segundo a assessoria da empresa, a funcionária foi atacada por estar vestindo o uniforme da Havan, com as cores verde e amarela.

É a segunda vez que Adriana, que concorreu ao cargo de vereadora pelo PT nas últimas eleições municipais, agride a mesma colaboradora da Havan. Ambos os crimes são comprovados em vídeos. Um Boletim de Ocorrência foi registrado sobre o fato.

A Havan afirmou que está prestando todo apoio para a colaboradora e ressalta que entrará com todas as medidas judiciais cabíveis para que o ato de intolerância e desrespeito não passe impunemente.

– A família Havan está ao lado da Stefany. Ela está há 10 meses na empresa, entrou como operadora de caixa e já foi promovida a vendedora. É inadmissível que alguém use de violência contra uma pessoa que está indo trabalhar e em busca do seu pão de cada dia. Prezamos diariamente pelo cuidado e integridade de cada um dos mais de 22 mil colaboradores. Condenamos todo tipo de crime e não vamos tolerar agressões desta natureza, que configuram atos de intolerância política, o que é muito grave – ressaltou o dono da Havan, Luciano Hang.

Nesta segunda-feira (18), às 17 horas, Hang fará uma live para falar sobre o ocorrido.

fonte:pleno news

Share:

Saiba quem é Lucia Maggi, a mulher mais rica do Brasil Empresária, mãe do ex-ministro Blairo Maggi, tem fortuna de cerca de R$ 32 bilhões

Lucia Maggi Foto: Reprodução/YouTube Fundação André e Lucia Maggi

Com sua versão de 2022 divulgada na terça-feira passada (5), a lista anual de bilionários da revista Forbes trouxe no topo do ranking das mulheres mais ricas do Brasil a empresária Lucia Maggi, de 89 anos, cofundadora do Grupo Amaggi, multinacional da área do agronegócio. De acordo com a publicação, a fortuna dela é de cerca de R$ 32 bilhões.

O sobrenome, que pode soar familiar principalmente para quem acompanha o noticiário político, realmente tem relação com o ex-governador de Mato Grosso e ex-ministro da Agricultura durante o governo Michel Temer, Blairo Maggi, que é filho de Lucia com o empresário André Maggi..

Junto com o marido, Lucia fundou em 1977 a Sementes Maggi, que anos depois viraria o Grupo Amaggi, uma das maiores exportadoras de soja do mundo. Ao longo das últimas quatro décadas e meia, e mesmo com a morte do marido em 2001, a empresária conseguiu levar a companhia a ocupar a 13ª posição na lista das 100 maiores empresas do agronegócio no Brasil.

Após a morte do marido, Lucia chegou a assumir o comando do grupo. Atualmente, porém, a empresária ocupa uma posição consultiva no Conselho de Administração da companhia.

FUNDAÇÃO ANDRÉ E LUCIA MAGGI
Além do grupo empresarial, a família criou, em 1997, a Fundação André e Lucia Maggi, que inicialmente tinha como objetivo angariar recursos para construir um hospital em Sapezal (MT). O Hospital e Maternidade Renato Sucupira, criado a partir da iniciativa, ainda existe e é administrado pelas Irmãs Missionárias Servas do Espírito Santo da Associação Missionária de Beneficência.

Em 2004, os trabalhos da fundação foram ampliados com o desenvolvimento de ações tendo como base a matriz da Amaggi, na época em Rondonópolis (MT). Entre os trabalhos iniciais estava a produção de uma bebida à base de soja que era distribuída, como complemento alimentar, para instituições de Itacoatiara (AM), Rondonópolis (MT) e Sapezal (MT), locais de atuação da Amaggi.

Já em 2009, a fundação inaugurou o projeto Casa Maggica, em Rondonópolis (MT), um espaço social para crianças e adolescentes, com atividades de dança, música, teatro e artes. No mesmo ano, também foi aberto o projeto Centro Cultural Velha Serpa, em Itacoatiara (AM), onde a estrutura que abrigava o matadouro municipal foi transformada em um espaço cultural.

FILHO COMO MINISTRO DE TEMER
Um dos nomes na gestão dos negócios do Grupo Amaggi é Blairo Maggi, filho de Lucia e André. Além de ser um dos acionistas da empresa, Blairo foi governador de Mato Grosso por dois mandatos (2003 e 2007), senador e ministro da Agricultura durante o governo de Michel Temer.

Conhecido como “rei da soja”, Blairo foi, por muitos anos, alvo da fúria de movimentos ambientalistas. Em 2005, o Greenpeace o contemplou com o prêmio Motosserra de Ouro, que seria dado para as personalidades que supostamente estimulariam a destruição ambiental.

Em 2011, Maggi tomou posse do cargo de senador pelo estado do Mato Grosso. Em 2013, ele assumiu a presidência da Comissão de Meio Ambiente, Fiscalização e Controle do Senado. Em 2016, ainda como senador, ele foi escolhido por Temer para assumir o Ministério da Agricultura, após o processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff.

Em 2017, Blairo passou a ser investigado pela Procuradora-Geral da República (PGR) após delatores da Odebrecht afirmarem, na Operação Lava Jato, que ele teria recebido R$ 12 milhões durante sua campanha para governador de Mato Grosso em 2006 em troca de apoio à construtora. O então ministro negou, à época, que tivesse qualquer relação com a empresa e seus dirigentes.

Em 2018, o ministro Luiz Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou o arquivamento do inquérito. O ministro atendeu a um pedido feito pela então procuradora-geral da República, Raquel Dodge, que afirmou que a PGR não encontrou provas contra ele e o deputado Zeca do PT, também citado pelos delatores..

FONTE:PLENO NEWS

Share:

Empresária critica Taís Araújo: “Além de hipócrita, é burra” Tatiana Mandelli ironizou Taís e fez críticas à TV Globo

 

Dona de rede de lojas chama Taís Araújo de burra e hipócrita Foto: Reprodução/Print de vídeo Brado Rádio

Nesta segunda-feira (11), a empresária e fundadora da Tidelli, Tatiana Mandelli, criticou as considerações que a atriz Taís Araújo fez, na semana passada, a respeito do presidente Bolsonaro. A artista referiu-se ao governo como “quatro anos infernais”.

Mandelli ironizou Taís e fez críticas à TV Globo. Ela deu declarações durante sua estreia como comentarista no programa Brado Jornal.

– Acho que o povo brasileiro iria gostar de quatro anos “infernais” em um iate. Além de hipócrita, ela é burra. Dizer que o povo brasileira está mais miserável depois do Bolsonaro é mentira. Dizer que o país está pior e que foram quatro anos horríveis também é mentira. Pode ter sido muito ruim pra ela que trabalha na Globo, porque a gente acabou descobrindo que era uma empresa “estatal”, porque só conseguia fazer dinheiro se recebesse uma quantidade gigante de anúncios do governo, esses anúncios pararam e a Globo hoje dá prejuízo. Foi terrível pra ela ter o salário cortado – disse a empresária.

Confira o vídeo, a seguir:

Fonte:pleno news

Share:

RJ: Irmão de agente da PRF é queimado vivo por traficantes Homem e um amigo foram assassinados neste domingo

 

Operação de resgate foi realizada, mas os corpos foram encontrados carbonizados (Imagem ilustrativa) Foto: Pixabay

Neste domingo (10), o irmão de um agente da Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi queimado vivo. O crime aconteceu no Complexo da Mangueirinha, em Duque de Caxias (RJ). As informações são do portal Metrópoles.

A vítima estaria em uma festa perto da favela quando foi localizado pelos traficantes. O jovem fazia parte de um grupo de Colecionadores, Atiradores desportivos e Caçadores (CACs).

Há suspeita de que o irmão do agente estaria armado e teria atirado contra dois traficantes. Depois da confusão, ele e um amigo fora levados e assassinados.

Uma operação de resgate foi realizada pelas polícias civil, federal, rodoviária e militar. No entanto, os corpos foram encontrados carbonizados.

As informações iniciais apontam participação de quatro traficantes no crime. Porém, os homens estão foragidos.

Clique aqui para ver o vídeo, que seria do momento do assassinato.

Fonte:pleno news

Share:

Jornalista Adrilles Jorge é recontratado pela Jovem Pan Retorno à emissora ocorre 43 dias após demissão

Adrilles Jorge Foto: Thiago Duran/AgNews

O jornalista Adrilles Jorge foi recontratado pela Jovem Pan. Ele será comentarista do programa Morning Show, que voltará a ser transmitido na TV.

Adrilles volta para a emissora 43 dias após sua demissão. Ele tinha sido demitido após ser acusado de fazer um gesto nazista. As informações são do site Notícias da TV.

A volta do jornalista aconteceu após uma decisão do dono da Jovem Pan, Antônio Augusto do Amaral Carvalho Filho, o Tutinha. Ele gosta dos comentários e da postura de Adrilles.

Morning Show tinha sido suspenso por causa da cobertura da guerra na Ucrânia. A reestreia deverá acontecer na próxima segunda-feira (28)..

FONTE:PLENONEWS

Share:

Educação em Seropédica: SMES encerra Jornada Pedagógica com palestra de Leandro Karnal

 


Investir no intelecto dos Professores garante a melhoria da qualidade do ensino para nossas crianças, jovens e adultos, por isso, a Prefeitura de Seropédica, por meio da Secretaria Municipal de Educação de Seropédica (SMES) vem investindo em boas influências, do ponto de vista educacional, para ‘ampliar a visão’ de gestores escolares, coordenadores pedagógicos e professores a respeito das mudanças tecnológicas e da construção de relações com os alunos.

 
Nessa segunda-feira (7), o historiador, doutor em História Social pela Universidade de São Paulo (USP), membro da Academia Paulista de Letras e professor da Unicamp por mais de 20 anos – @leandro_karnal –, ministrou uma palestra de forma presencial e online no Município de Seropédica. Vale destacar, que o palestrante também é colunista do jornal ‘O Estado de São Paulo’, apresentador do programa ‘Universo Karnal’ (na CNN Brasil), autor dos livros ‘O Inferno Somos Nós’; ‘Todos Contra Todos’; ‘Crer ou Não Crer’; ‘O Dilema do Porco Espinho’ e ‘Viver, A Que Se Destina’, além de ter um canal no YouTube com o nome ‘Prazer, Karnal’ e mais de 8 milhões de seguidores em suas mídias sociais.
 
Idealizada pelo Secretário de Educação – Marciel Falcão – como parte do plano de Governo do Prefeito de Seropédica – Professor Lucas – no que se refere à Educação, a ‘Jornada Pedagógica 2022’ teve como tema “educação e desafios contemporâneos” e foi encerrada por @leandro_karnal com a palestra “como administrar emoções e construir relações com os alunos”. Ao final da preleção, o palestrante respondeu perguntas dos espectadores presentes e também de observadores ‘online’. “Acredito em um Ensino com filosofia educacional e bons professores”, disse Karnal. Ao encerrar a palestra, o Secretário de Educação – Marciel Falcão –, afirmou: “vamos juntos mudar a história da Educação de Seropédica”. O Coordenador Municipal da Juventude – Igor Santtos –, participou do evento com um depoimento sobre os anseios da juventude seropedicense na área de Educação.
 
“A Educação é a base da sociedade, por isso, o processo educacional deve estar em constante evolução. Em Seropédica, estamos ampliando o uso da tecnologia no processo educacional e investindo na construção de relações com alunos que vão além da sala de aula. Com uma nova filosofia educacional, pretendemos inovar e modificar de forma significativa a Educação em Seropédica”, explicou o Prefeito de Seropédica – Professor Lucas.
 
O evento contou com as presenças da Vice-Prefeita – Vandrea Furquim –, da Primeira-Dama – Isabel Ribeiro –, dos Secretários Municipais – Cláudia Ferreira (Administração) e Leonardo Rosa (Defesa Civil) –, dos Vereadores – Neizinho, Max Goulart e Marcos Lomeu –, além das Subsecretárias Eliana Cristina (Ensino) e Jaqueline Silva (Planejamento e Orçamento) e dos Subsecretários – Helber Dias (Eventos), Wanderson Volotão (Desenvolvimento Sustentável) e Altemio Batista (Habitação e Regularização Fundiária).
 
 
Por: Hudson Glória
 FONTE:https://www.seropedicaonline.com/
Share:

Postagem em Destaque

Heloisa Bolsonaro critica artistas na posse: “Volta a farra” Esposa do deputado Eduardo Bolsonaro questionou como será feito o pagamento dos cantores

  Heloisa Bolsonaro  Foto: Reprodução/Redes Sociais A esposa do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP),  Heloisa Bolsonaro , criticou em...

Comente deixe sua opinião

Blog Archive

SIGA-ME

SIGA-ME
SEJA UM SEGUIDOR

TWITTER

whatsapp

Postagens mais visitadas

Globo de visitas